Com titulares poupados para a Libertadores, reservas tentam se provar para Roger no Fluminense

·2 minuto de leitura


Atolado com a maratona de partidas e às vésperas das oitavas de final da Libertadores, o Fluminense terá mais um desafio pela frente neste sábado. Às 19h (de Brasília), o time de Roger Machado entra em campo diante do Sport, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro e terá um time praticamente todo de reservas. Para poupar os titulares e evitar novas lesões, o treinador decidiu dar uma oportunidade para quem vem atuando menos.

+ Fred entra na lista dos 20 jogadores com mais partidas pelo Fluminense. Confira quem mais vestiu o uniforme tricolor

Alguns jogadores sequer viajaram para Recife. Assim, o goleiro Muriel, por exemplo, fará sua estreia na temporada 2021. A última vez que ele entrou em campo foi em 22 de novembro, na vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, no Beira-Rio. Além dele, Calegari e Danilo Barcelos terão novas oportunidades para que Samuel Xavier, que retornou recente de lesão, e Egídio, atuando direto, descansem.

Veja a tabela do Brasileirão

O único titular que estará em campo é Martinelli. Suspenso no jogo de ida das oitavas, na terça-feira, diante do Cerro Porteño, em Assunção, o volante deve fazer dupla com Wellington, que acabou perdendo a preferência no meio-campo para o jovem André. Além disso, Nene volta à equipe após duas partidas começando no banco de reservas e tenta se provar novamente.

Também é o caso de Cazares, titular no Fla-Flu e reserva diante do Ceará, que será ponta ao lado de Kayky. A joia do clube perdeu a posição após o segundo jogo da final do Carioca e iniciou jogando apenas mais uma vez, na derrota para o Atlético-GO. Ele vinha entrando apenas nos minutos finais. Lucca, única opção como centroavante atualmente, comandará o ataque. João Neto deve ficar no banco.

- O jogo com o Sport, que é importante, correndo o risco de colocar o Lucca no jogo e não ter nem ele na terça. Tem que ser bem medido. O certo é que vamos segurar alguns atletas sim para levar para a partida contra o Sport um time competitivo sem ter prejuízo para a partida de terça. Não tem o que fazer. Não gosto de usar a palavra priorizar, porque parece desprestígio, mas temos que fazer as escolhas do que é relevante ou não no momento - disse Roger após o empate por 0 a 0 com o Ceará.

O Fluminense tenta manter a boa sequência antes de entrar em campo novamente pela Libertadores. A equipe vem de uma grande vitória no clássico com o Flamengo e um empate em casa com o Ceará. O Flu está em 11º lugar, com 14 pontos em 10 jogos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos