Com time reserva, Cuiabá pressiona, mas é derrotado pelo River Plate-URU na Sul-Americana

Uruguay's River Plate Pablo Lopez (C) celebrates with teammates after scoring a goal against Brazil's Cuiaba during their Copa Sudamericana group stage football at the Arena Pantanal stadium in Cuiaba, Brazil, on April 27, 2022. (Photo by NELSON ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
Uruguay's River Plate Pablo Lopez (C) celebrates with teammates after scoring a goal against Brazil's Cuiaba during their Copa Sudamericana group stage football at the Arena Pantanal stadium in Cuiaba, Brazil, on April 27, 2022. (Photo by NELSON ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)

O Cuiabá foi superado pelo River Plate-URU, por 2 a 1, pela 3ª rodada da Sul-Americana de 2022, na noite desta quarta-feira, na Arena Pantanal. A equipe uruguaia abriu dois gols de diferença no primeiro tempo, viu o Dourado ameaçar uma reação, mas segurou o triunfo. O resultado complica a vida da equipe treinada por Pintado na competição. Com três pontos em três jogos, o time é o terceiro colocado e terá que se superar nos jogos seguintes.

Agora, as duas equipes voltam a campo pela Copa Sul-Americana na próxima terça-feira (3), às 19h15. Em casa, o River Plate-URU recebe o Melgar, do Peru. Enquanto isso, o Cuiabá enfrenta o Racing, na Arena Pantanal.

Leia também:

CRIANDO BOA VANTAGEM
O saldo do primeiro tempo não foi nada positivo para o Cuiabá. Mesmo em casa, o time brasileiro criou poucas chances. Quando conseguiu finalizar, parou no goleiro Correa. Defensivamente, cometeu erros cruciais.

Aos 14 minutos, em cobrança de escanteio na área, Salaberry aproveitou rebote de Walter em cabeçada de Brunelli e abriu o placar para os uruguaios. Depois do gol, o River Plate se fechou e apostou nos contra-ataques. Já nos acréscimos, Sosa finalizou e Walter espalmou. Na sobra, o atacante só se deu o trabalho de servir Pablo López, que levou o duelo em 2 a 0 para os vestiários.

JOGO DE UM TIME SÓ
A volta para o segundo tempo foi extremamente animadora para o Cuiabá. Logo aos 2 minutos, Alesson recebeu e serviu Marquinhos, que tocou de leve para o gol e diminuiu para o time da casa. Em resposta ao tento sofrido, o River Plate-URU levou perigo a Walter duas vezes. Na primeira, Fonseca parou no goleiro, enquanto na segunda Brunello tirou tinta da trave.

Depois dos dois sustos após marcar, o Cuiabá se tornou o dono do jogo de maneira definitiva. O Dourado martelou, tentou de todas as maneiras possíveis, mas quando não parou na defesa de Correa, acabou pecando na finalização, fechando o duelo com a derrota de 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
CUIABÁ 1 X 2 RIVER PLATE-URU
​​​​​​
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data e hora: 27/04/2022 - 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Cristian Garay (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)
​Cartões amarelos: João Victor Maranini, Elton (Cuiabá), Montiel, Salaberry, Alfonso (River Plate-URU)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Salaberry (14'/1°T) (0-1), Pablo López (45'/1°T) (0-2), Marquinhos (2'/2°T) (1-2)

CUIABÁ (Técnico: Pintado)

Walter; Joaquim Henrique (Marllon, aos 41'/2°T), João Victor Maranini (Felipe Marques, aos 0'/2°T), Paulão e Igor Cariús; Christian Rivas, Rafael Gava (Valdívia, aos 22'/2°T), Rodriguinho (Osorio, aos 35'/2°T) e Alesson; Marquinhos (Jenison, aos 22'/2°T) e Elton.

RIVER PLATE-URU (Técnico: Gustavo Díaz)

Correa; Chopitea (Maxi Pereira, aos 19'/2°T), Aja, Salaberry, Brunelli e Clar; Montiel, Fonseca (Borbas, aos 19'/2°T) e De Los Santos (Alfonso, aos 11'/2°T); Nicolás Sosa (Chory Castro, aos 33'/2°T) e Pablo López (Ocampo, aos 33'/2°T).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos