Com time misto, Grêmio interrompe sequência do Santos no Pacaembu

Ana Canhedo
LANCE!
Ramiro e Gabriel disputam lance no Pacaembu (DJALMA VASSÃO/Gazeta Press)

Ramiro Gabriel

Ramiro e Gabriel disputam lance no Pacaembu (DJALMA VASSÃO/Gazeta Press)

No Pacaembu, em São Paulo, o Santos não conseguiu sair do 0 a 0 com um time misto do Grêmio, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em jogo morno e ruim na capital paulista, o Peixe teve um pênalti em Rodrygo não marcado pelo árbitro, mas fez pouco para tirar o zero do placar. Com o resultado, interrompeu uma sequência de três vitórias seguidas no Brasileirão. Já o Tricolor Gaúcho caiu da quarta para a quinta colocação com o empate. O Alvinegro é o nono.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Na próxima rodada, o Santos visita o Paraná, no domingo. Já os comandados de Renato Gaúcho tem importante clássico contra o Internacional, no Beira-Rio.

Começou ruim...
Com um time misto, com poucos destaques, o Grêmio até teve a bola nos pés, mas sofreu para incomodar o Santos. A melhor chance veio no fim da primeira etapa, em bom momento de Bressan, que acabou parando em Vanderlei. O Peixe, por sua vez, fez muito pouco para agradar os corajosos presentes no frio do Pacaembu na véspera do feriado.

Com Jean Mota colocado em campo para fazer as vezes de Carlos Sánchez, a bola passou muito pouco pelo meio-campo. Gabriel teve a única boa chance do Alvinegro em chute defendido por Marcelo Grohe.

A impaciência chegou a tomar conta das arquibancadas em certos momentos, principalmente com Jean, sacado do time titular por Cuca no intervalo, para a entrada de Daniel Guedes. Gabriel passou a tentar buscar a bola um pouco mais longe da área, hora aberto, hora pelo meio e, com algumas boas arrancadas, Sasha chegou a dar esperança ao santista,mas nada que tirasse o zero do placar. Pelo lado do Grêmio, André chegou a dominar algumas bolas na área, mas também não conseguiu finalizar nenhuma a ponto de levar perigo a Vanderlei.

...Terminou pior
Se a etapa inicial reservou pouco aos torcedores, o tempo complementar foi ainda pior. O Santos passou a ficar mais com a bola, mas sofreu com constante erros na transição da jogada da defesa para o ataque, muito em função de uma lacuna deixada no meio-campo. Quando teve a posse, o Grêmio chegou com mais facilidade e arriscou alguns chutes a gol, mas nada que assustasse o santista. O jogo alvinegro passou de pé em pé no ataque, mas o último passe transformou-se em problema.

O grande lance da partida foi uma falta do zagueiro Geromel em Rodrygo dentro da área. O pênalti não foi marcado pelo árbitro. O Grêmio até ensaiou certa pressão nos minutos finais do confronto, obrigando Vanderlei a trabalhar mais do que no restante do jogo inteiro, mas não foi suficiente para abrir o placar. Um chute de Derlis González do bico da grande área levantou a torcida nas arquibancadas, dando alento ao torcedor que acompanhou um jogo aquém do esperado.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 0 X 0 GRÊMIO
Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data-Hora: 6/9/2018 - 19h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS)
Público/renda: 13.228 pagantes/R$ 335.134,0
Cartões amarelos: Daniel Guedes e Alison (SAN), Marcelo Grohe (GRE)
Cartões vermelhos: -
Gols: -

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Bryan Ruíz, 25'/2ºT), Diego Pituca e Jean Mota (Daniel Guedes, intervalo); Gabriel, Rodrygo e Eduardo Sasha (Derlis González, aos 17'/2ºT). Técnico: Cuca.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Leonardo, Pedro Geromel, Bressan e Marcelo Oliveira; Thaciano, Matheus Henrique e Cícero; Ramiro, Alisson e André (Pepê, aos 34'/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

Leia mais:
– Rivaldo rasga elogios à Richarlison e aconselha: ‘Precisa ter calma’
– “Se Zidane tivesse ficado no Real Madrid, eu teria saído”, diz Ceballos
 Morata sobre saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid: “um dia ele vai explicar o motivo”

Leia também