Com time misto, Bélgica vence Belarus e fica mais perto da Copa do Catar-2022

·1 minuto de leitura
Hleb Shauchenka e Dennis Praet, autor do único gol da partida, disputam a bola durante o jogo das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, entre Bielorrússia e Bélgica, em Kazan, no dia 8 de setembro de 2021 (AFP/Roman Kruchinin)

Apesar de poupar seus principais atletas e jogar com muitos reservas, a Bélgica venceu a Belarus por 1 a 0 fora de casa e somou três pontos que a deixam mais perto da Copa do Mundo do Catar-2022.

Sem Thibaut Courtois, Romelu Lukaku e Eden Hazard no time escalado pelo técnico Roberto Martínez (embora o atacante do Real Madrid tenha jogado a última meia hora), foi Dennis Praet quem marcou o único gol da partida aos 33 minutos.

O atacante do Torino aproveitou uma sobra na área para mandar para o fundo da rede. Sem fazer um jogo espetacular, os Diabos Vermelhos tiveram várias chances para obter uma vitória mais ampla, mas nem Michy Batshuayi (4, 41 e 68), nem Dodi Lukebakio (52), nem Timoty Castagne (90 + 1) conseguiram superar Sergey Chernik, o goleiro local.

E quando Batshuayi conseguiu, por meio de uma cabeçada pouco antes da abertura do placar, o gol foi anulado devido a um impedimento do atacante do Besiktas (31).

Com o resultado a seu favor, a Bélgica se dedicou a manter a posse de bola contra um adversário que só perturbou o gol defendido desta vez pelo goleiro Koen Casteels, do Wolfsburg, substituto de Courtois.

Com estes três pontos, a Bélgica lidera o Grupo E com 16, seguida da República Tcheca e do País de Gales, ambos com 7, depois que Gareth Bale e seus companheiros não conseguiram ir além do empate sem gols com a Estônia, em Cardiff.

mcd/dr/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos