Com situação indefinida no Flamengo, Ronaldo completa quatro anos de estreia: 'É uma data muito especial'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Aos 24 anos, Ronaldo tem treinado à parte nas dependências do Ninho do Urubu, enquanto o Flamengo ainda não define a sua situação. O volante, que tem vínculo com o clube até junho deste ano, comentou sobre o aniversário de estreia como titular na equipe profissional, que se deu em 2017, há exatos quatro anos.

Ronaldo atuou 90 minutos no empate em 1 a 1 com o Volta Redonda, pelo Carioca daquele ano, sob o comando do técnico Zé Ricardo:

- É uma data muito especial, parece que foi ontem. Todo menino que joga bola quer se tornar atleta profissional e comigo não era diferente. Foram anos de trabalho e muitos sacrifícios até subir para a equipe principal.

- Sei que poucos têm a chance de se profissionalizar, então ter alcançado meu sonho de criança e hoje poder comemorar mais um ano dessa conquista é muito gratificante. Só tenho a agradecer a minha família e amigos por sempre estarem ao meu lado e me incentivar, sem vocês isso não seria possível - completou.

Natural da cidade de Itu (SP), Ronaldo iniciou a trajetória no futebol no time
sub-15 do Paulista. Então, em 2013 transferiu-se para o Flamengo, onde faria parte da categoria sub-17. Depois de alguns anos na base rubro-negra e uma passagem curta pelo Atlético-GO, o volante foi promovido em definitivo para ao elenco principal do Flamengo em 2017.

Ronaldo já havia atuado em 2015 e 2016 pelos profissionais, mas em poucos jogos e entrando no fim das partidas, ainda integrante da equipe sub-20.

Em 2019, foi emprestado ao Bahia - e fez 14 jogos. Na temporada 2020, foram 38 partidas e um gol marcado, sendo que, no Brasileirão passado, acumulou bons números pelo clube tricolor: atingiu 85% de aproveitamento de passes, 65% de dribles bem-sucedidos, 59% de desarmes, 64% de duelos aéreos ganhos, além de 27 interceptações.

Atualmente, Ronaldo está com o contrato em vigor com o Flamengo, publicado no BID, inclusive, mas não será utilizado por Rogério Ceni em 2021.