Com sequência pelo Corinthians, Du Queiroz fala sobre comparação com Varanda: 'Cada um tem o seu destino'

·3 min de leitura


Em um ano que começou com o Corinthians apostando nas categorias de base como alternativa para reforçar um time repleto de problemas financeiros, o meia Du Queiroz iniciou preterido até mesmo entre os mais jovens, mas hoje é um dos grandes trunfos do clube no Campeonato Brasileiro.

A situação foi completamente diferente a do atacante Rodrigo Varanda. O jogador foi titular no primeiro jogo da temporada pelo Timão, contra o Red Bull Bragantino, em Bragança, pelo Campeonato Paulista, e entrou para as graças da Fiel quando marcou um dos gols no empate em 2 a 2 do Time do Povo com o Palmeiras, no jogo seguinte, pelo Estadual, na Neo Química Arena.

No entanto, a soma de chances desperdiçadas ainda no Paulistão e algumas polêmicas fora de campo fez com que Varanda perdesse espaço, principalmente após a chegada do técnico Sylvinho, quase fosse negociado com o Bragantino, emprestado ao São Bernardo, para a disputa da Copa Paulista, e agora tenha voltado ao Timão, mas em categorias inferiores.

Por sua vez, a chegada do novo treinador ao Corinthians foi preponderante para Du Queiroz deixasse o ostracisimo da equipe sub-23 e fosse promovido aos profissionais para não sair mais.

- Eu posso falar com mim, na minha primeira oportunidade que eu não tive, eu continuei trabalhando. A base do Corinthians é uma vitrine e eu continuei trabalhando e quando veio a oportunidade eu consegui aproveitar - disse o meia na sua primeira entrevista coletiva como profissional.

Du Queiroz, inclusive, brincou dizendo que na véspera do atendimento à imprensa treinou no carro retornando do CT Joaquim Grava.

- É mais fácil jogar com 50, 60 mil pessoas do estádio do que falar aqui com vocês - afirmou de maneira divertida.

RODRIGO VARANDA

Ainda que o momento de Du Queiroz em relação a Rodrigo Varanda seja diferente, o meia, que também atua como lateral, saiu em defesa do companheiro.

- Ele (Varanda) teve uma vida difícil como a minha e como é a de todo mundo aqui. E ele tem o seu destino e eu tenho o meu - ressaltou Queiroz.

De tantas diferenças no início da trajetória profissional, algo une a dupla: ambos começaram cedo na base corintiana.

ESTREIA DE DU QUEIROZ

Se no caso de Varanda o primeiro jogo foi em Bragança, pelo Paulistão, a primeira vez de Du Queiroz em campo pelo Timão foi em Curitiba, substituindo Fagner na lateral-direita ainda no primeiro tempo do triunfo contra o Athletico-PR, pela 17ª rodada da competição nacional.

Antes, o jogador já havia sido relacionado em sei jogos, mas ficou no banco de reserva em todos. Mesmo assim, ele se recorda quando foi convocado para uma partida pela primeira vez, contra a Chapecoense, em Chapecó, pela 10ª rodada do Brasileirão.

- Nestes treinos aqui da base eu estava indo bem, dando o meu máximo, porque eu queria muito essa oportunidade, e em um jogo contra a Chapecoense, no primeiro turno, o Sylvinho me chamou e disse que eu iria jogar - relembrou o camisa 37.

Du Queiroz viajou na tarde desta quarta-feira (24) para Fortaleza e está relacionado para enfrentar o Ceará, nesta quinta-feira (25), ás 20h, no estádio do Castelão, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. A tendência é que a prata da casa seja titular no meio-campo corintiano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos