Com salários atrasados, Cruzeiro oferece Cacá e Maurício a clubes estrangeiros

Victor Martins
·2 minuto de leitura
O Cruzeiro precisa vender o meia Maurício (esquerda) e zagueiro Cacá (direita) para fechar as contas de 2020 (Fernando Moreno/AGIF)
O Cruzeiro precisa vender o meia Maurício (esquerda) e zagueiro Cacá (direita) para fechar as contas de 2020 (Fernando Moreno/AGIF)

Mergulhado numa crise financeira sem precedentes, o Cruzeiro foi obrigado a cortar gastos no começo de 2020. A folha salarial caiu de R$ 15 milhões para R$ 3 milhões. Somente entre funcionários, sem contar os jogadores de futebol, foram mais de 100 demissões nas primeiras semanas do ano e uma economia de R$ 25 milhões. Apesar de todas as dificuldades, os salários estavam em dia. Até a paralisação do futebol causada pela pandemia do novo coronavírus. Agora, os salários estão atrasados. Sem recursos, a solução é tentar vender jogadores.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Como o time não joga há mais de um mês e nem sequer tem previsão de voltar aos treinos, o clube sofre com a queda de receitas. Sem dinheiro, o Cruzeiro atrasou os pagamentos pela primeira vez na temporada 2020. Foi então que a diretoria decidiu colocar alguns jovens jogadores no mercado. O zagueiro Cacá e o meia Maurício foram oferecidos a clubes estrangeiros.

Leia também:

A saída de ambos já era algo dado como fundamental para a reconstrução do clube, tanto que alguns jogadores já chegaram à Toca da Raposa prevendo as negociações dos jovens titulares. Os zagueiros Ramon e Marllon foram contratados, assim como o meia Régis.

Com o futebol paralisado e a falta de receitas, negociar Cacá e Maurício passou a ser algo crucial para a sequência do Cruzeiro na temporada. Com a missão de retornar à Série A do Campeonato Brasileiro, a Raposa só terá recursos para completar o ano se negociar pelo menos esses dois jogadores.

Cacá ganhou a condição de titular do Cruzeiro no segundo semestre do ano passado. Apesar do rebaixamento no Brasileirão, o zagueiro teve boas exibições e rapidamente conquistou o respeito do torcedor. Até o momento são 32 partidas e um gol marcado. Maurício também participou de alguns jogos em 2019, até fez um gol importante, no triunfo por 1 a 0 sobre o Vasco, mas foi nesta temporada que ele se firmou como titular do Cruzeiro. No total são 21 partidas na equipe profissional e quatro gols.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.