Com salários atrasados, funcionários do Vasco se reúnem e ameaçam greve

·1 minuto de leitura


No início da manhã desta quinta-feira, funcionários do Vasco se reuniram no entorno de São Januário para reclamar dos vencimentos atrasados. A ameaça de paralisação foi apaziguada após os colaboradores ouvirem do departamento financeiro do clube que parte da dívida será quitada na próxima semana. A informação é do portal "ge".

O último salário pago aos funcionários do Vasco foi referente ao mês de junho. Assim, o clube está em débito em relação a julho e agosto. Vale destacar que, apesar do vencimento de agosto já estar oficialmente vencido, um antigo acordo interno rege o pagamento todo dia 20. Ou seja, na próxima segunda.

A programação do departamento de futebol profissional não foi alterada pela breve manifestação dos funcionários. O time de Fernando Diniz viajou na quarta-feira para Maceió, onde enfrenta CRB nesta noite, às 19h, pela Série B do Brasileirão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos