Com retrospecto ruim no Rio, Corinthians visita o Botafogo

LUÍS ANDRÉ ROSA
Folhapress
SÃO PAULO, SP, 22.11.2019-TREINO DO CORINTHIANS: treino do Corinthians, no CT Joaquim Grava, na manha desta sexta-feira (22) (Foto: Robson Rocha/Agência F8/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 22.11.2019-TREINO DO CORINTHIANS: treino do Corinthians, no CT Joaquim Grava, na manha desta sexta-feira (22) (Foto: Robson Rocha/Agência F8/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um dos fatores que explicam a oscilação do Corinthians ao longo desta temporada é a ausência de triunfos contra os adversários do estado do Rio de Janeiro.

Para não fechar o ano com saldo tão negativo contra os cariocas, o time alvinegro precisa derrotar o Botafogo neste domingo (24), às 18h, no estádio do Engenhão, em jogo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Até o momento, o Corinthians já disputou cinco partidas neste ano na capital fluminense, sendo três jogos pelo Brasileiro, um pela Copa do Brasil e outro pela Sul-Americana. Foram três derrotas e dois empates, além de uma eliminação.

Pelo Nacional, foram duas derrotas, para Fluminense e Flamengo, e um empate com o Vasco. A goleada sofrida contra o time rubro-negro, por 4 a 1, foi o que determinou a demissão de Fábio Carille, que já estava pressionado no comando.

Um triunfo sobre os botafoguenses, no mínimo, mantém os corintianos em oitavo lugar, o que é fundamental no sonho de brigar por uma vaga à fase preliminar da Taça Libertadores.

Caso isso ocorra e o Internacional não derrote o Fortaleza, em Porto Alegre, a equipe paulista ficará em sétimo lugar, posição que bastaria para estar na zona de classificação.

Isso porque, o Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil, é o quinto colocado e já está assegurado na disputa da competição.

Para este duelo, o técnico interino Dyego Coelho terá os retornos de Gabriel, que cumpriu suspensão, e do meia Pedrinho, que estava com a seleção brasileira sub-23. No ataque, com Boselli contundido, Vagner Love ganha a oportunidade como centroavante.


BOTAFOGO

Gatito Fernández; Fernando, Marcelo e Gabriel, Yuri; Cícero, João Paulo e Alex Santana; Igor Cássio, Rhuan e Diego Souza. T.: Alberto Valentim


CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Júnior Urso, Mateus Vital, Pedrinho e Janderson; Vagner Love. T. (interino): Dyego Coelho


Estádio: Engenhão, no Rio

Horário: 18h deste domingo

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Leia também