Com retrospecto positivo contra o Flamengo, técnico da Portuguesa almeja classificação antecipada

LANCE!
·1 minuto de leitura


O técnico Felipe Surian, da Portuguesa-RJ, tem boas lembranças de quando enfrentou o Flamengo, na época em que comandava o Volta Redonda, em 2016 e 2017: foram dois jogos, com uma vitória e um empate. Somado ao fato de que está invicto nesta temporada contra os times grandes - vencendo Vasco e Fluminense e empatando com Botafogo -, o treinador terá o desafio de encarar o Flamengo neste sábado, mirando uma vaga na semifinal do Cariocão.

> Palmeiras aumenta proposta por Taty Castellanos, do New York City FC

- O Flamengo tem um elenco qualificado e, independentemente de quem começar jogando, será um jogo muito difícil. Nos preparamos muito durante a semana e vamos para partida com o objetivo de terminar a rodada já classificado para a semifinal - afirmou Surian.

Para garantir a classificação no Estadual, a Lusa precisa vencer a partida, ou, se empatar, torcer para que Botafogo e Madureira não somem três pontos.

> Veja a tabela do Campeonato Carioca

Por um lado, a Portuguesa é o time que menos sofreu gol no Campeonato Carioca, foram quatro em nove partidas. Do outro, o Flamengo, a equipe que mais balançou as redes, com 19 gols. Contudo, apesar de um bom desempenho defensivo na competição, Felipe Surian destacou que a Lusa não irá apenas se defender.

- A defesa é uma das nossas armas mais fortes. Todos os atletas entenderam a ideia de jogo proposta e desempenharam muito bem na competição. Tanto que estamos fazendo a melhor campanha do clube no século. Contra o Flamengo, que tem o melhor ataque, será um bom embate. Mas, claro, isso não significa que só iremos defender. Precisamos também propor o jogo quando tivermos a posse de bola - analisou o treinador.