Com reservas, Flu vence o Boavista e segue invicto no Campeonato Carioca

Matheus Dantas

Uma semana após conquistar a Taça Guanabara, o Fluminense segue tranquilo no Campeonato Carioca. Jogando com os reservas, o Tricolor venceu o Boavista neste domingo, na estreia da Taça Rio, por 2 a 0, com gols de Richarlison e Renato. Já são oito jogos no Estadual, com seis vitórias e dois empates.

A intenção de Abel Braga ao escalar um time alternativo, além de dar um descanso para os titulares, era avaliar alguns nomes que ainda não tiveram muitas chances em 2017. E isso não foi possível no primeiro tempo. Ao mesmo tempo em que faltou entrosamento a Marquinho, Lucas Fernandes, Marcos Junior & Cia, o Boavista abusou das faltas, acabando com a criação de jogadas do Fluminense na origem.

Os goleiros Diego Cavalieri – de volta ao gol do Flu após 42 dias – e Felipe não sujaram o uniforme. Sem encontrar espaços, o Tricolor tentou na bola aérea, mas não teve sucesso e o primeiro tempo acabou sem nenhuma finalização na direção do gol.

Tão elogiados por Abel neste início de trabalho, os jovens Calazans e Wendel deixaram boas impressões. O primeiro, meia-atacante de origem, mostrou intimidade com a bola e muita velocidade, mas ficou devendo um pouco na defesa, cometendo algumas faltas. O segundo, por sua vez, cumpriu bem sua função fazendo a saída de bola.

Com Luiz Fernando no lugar de Pierre, o Flu voltou um pouco mais ligado do intervalo. Reginaldo, aproveitando seus 1,93m, subiu mais que a zaga adversária, mas Felipe fez a primeira defesa da partida. Joel Santana respondeu com as entradas de Maicon e Pedro Botelho, deixando o confronto mais aberto.

Na briga pela titularidade, Richarlison mostrou certa irritação com os passes errados da equipe, mas não parou de brigar pela bola em nenhum momento. O camisa 70 acabou recompensado. Recebeu de Calazans, levou para o meio e finalizou de fora da área para fazer 1 a 0.

Quem também aproveitou os minutos em campo foi o atacante Pedro, que entrou no lugar do discreto Lucas Fernandes. O camisa 32 deu outra movimentação para o ataque do Fluminense. Após pressionar a defesa e roubar a bola, Pedro achou Renato na direita e o lateral só teve o trabalho de invadir a área, encher o pé e ampliar a vantagem. Com o 2 a 0 no placar, restou ao Flu apenas aguardar o apito final em Bacaxá.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA 0X2 FLUMINENSE

Local: Estádio Elcyr Resende, em Saquarema (RJ)
Data: 12/3/2017, às 19h
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Diogo Carvalho Silva (RJ) e Daniel de Oliveira Alves Pereira (RJ)
Renda/Público: Ainda não divulgados.

Cartões amarelos Christiano, Willian Maranhão e Vitor Faísca (BVT); Pierre e Wendel(FLU).
Cartão vermelho: Não houve.

Gol: Richarlison (27'/2ºT) e Renato (32'/2ºT)

BOAVISTA: Felipe; Lucas Rocha, Gustavão, Anderson Luiz e Christiano (Leandrão, 31'/2ºT); Willian Maranhão, Vitor Faísca (Maicon, 9'/2ºT), Thiaguinho e Fellype Gabriel (Pedro Botelho, 9'/2ºT); Mosquito e Robert - Técnico: Joel Santana

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Renato, Reginaldo, Nogueira e Marquinhos Calazans; Pierre (Luiz Fernando, Intervalo), Wendel, Marquinho e Lucas Fernandes (Pedro, 24'/2ºT); Marcos Junior e Richarlison (Maranhão, 38'/2ºT) - Técnico: Abel Braga.






























E MAIS: