Com recorde, Rodrigo Oliveira vence a primeira rodada da FKT Rio One Hundred® Caminho do Imperador

Iúri Totti
·3 minuto de leitura


O sarrafo subiu na FKT Rio One Hundred® Caminho do Imperador. Rodrigo Oliveira obteve, neste domingo (22/11), na primeira rodada, o recorde da prova, com 16 horas, 42 minutos e 14 segundos. Ele superou em 2 horas e 42 minutos a marca estabelecida, na semana passada, por João Andrade, o UltraCEO, que fechou os 160,94km em 19 horas e 24 minutos. Este era o tempo máximo em que os ultramaratonistas deveriam fazer o percurso entre Barra Mansa e Petrópolis.

"A prova foi sensacional e, ao mesmo tempo, cruel. Tem um grau de dificuldade que mina o atleta do início ao fim. Como o start list estava forte, resolvi fazer força desde o início. Tínhamos uma estratégia em relação aos pacers inicialmente, mas, com o decorrer da prova, percebemos que teríamos que colocar a equipe para trabalhar de forma mais ativa", conta o campeão da primeira rodada e recordista da FKT Rio One Hundred® Caminho do Imperador. "A partir do Km 96, comecei a sofrer com bolhas nos pés, pensei em desistir, pois o pior trecho estava por vir. A equipe de apoio teve que trabalhar para me convencer em continuar da forma que desse".

Entre caminhadas e trotes, Rodrigo conseguiu completar os últimos 60km. "No fim, meus pés estavam com uma quantidade significativa de bolhas e rachaduras. Apesar disso, consegui fazer um tempo muito bom com a ajuda da minha equipe de apoio. Agora, é torcer para que os demais competidores façam tempos acima do meu para que eu consiga ir para a Itália".

Diferentemente de João Andrade, que enfrentou uma chuva torrencial nos primeiros 20km na semana passada, o clima durante a prova agradou o campeão. "O clima estava perfeito para correr, com temperatura amena e sem chuva", disse Rodrigo.

O segundo lugar ficou com Roger Darrigrand, com 19 horas e 17 minutos. Já o terceiro colocado foi Jorge Júnior, com 20 horas e 24 minutos. Os outros dois ultramaratonistas selecionados para a primeira rodada da FKT Rio One Hundred® Caminho do Imperador não completaram o percurso. Sérgio Garcia abandonou depois de correr 85km, e Marcelo Amorim, por problemas de saúde, deixou a prova antes do Km 30.

A segunda rodada vai acontecer no próximo sábado (28/11). Pela primeira vez, as mulheres estarão na disputa, buscando superar o tempo conseguido por Ana Luiza de Faria Matos, que fechou os 160,94km em 22 horas e 30 minutos, na semana passada. Para os homens, a marca a ser superada agora é a de Rodrigo. Foram selecionados Adriana Rosa, Adriano Ribeiro, Cesar Condrati, Cesar Picinin e Davi Marques.

Para a terceira rodada, no dia 5 de dezembro, foram selecionados Cláudia Almeida, Alexsandro Alves, Carlos Gusmão, Márcio Souza e Thiago Moreira. Nesta segunda-feira, sai a lista dos ultramaratonistas selecionados para a quarta e última rodada, que vai acontecer no dia 12 de dezembro.

Ao todo, 20 ultramaratonistas, sendo 16 homens e quatro mulheres, divididos em quatro etapas, vão se desafiar no percurso do Caminho do Imperador. Conheça o percurso em gps.stopandgo.pro/2.

O FKT Rio One Hundred® Caminho do Imperador dará aos vencedores das provas masculina e feminina um cheque de R$ 700 (o equivalente a one hundred pounds); gratuidade na inscrição na One Hundred® World Series Brasil 2021 e na One Hundred® World Itália 2021, com direito a alojamento, despesas, acesso à área VIP e viagens; além de equipamento oficial One Hundred®.

Sobre a One Hundred®

Organização sediada em Londres, a One Hundred® tem como objetivo mudar o atual paradigma do ultra mountain trail, agregando inovação e tecnologia à construção de uma estrutura padronizada mundialmente. A One Hundred® World Series terá as distâncias de 10 (16km), 25 (40km), 50 (80km) e 100 (160km) milhas, começando por Brasil e Itália em 2021, com expansão para outros países.

Outro foco será a preparação de atletas, com a organização de training camps e edições especiais de corridas, com distâncias mais curtas, em diferentes países, incluindo Brasil. Também serão oferecidos serviços para facilitar o acesso de atletas a treinadores, nutricionistas e equipes de apoio especializadas em mountain trail.