Com Rayssa Leal e Kelvin Hoefler, SporTV transmite segunda etapa do Mundial de Skate Street

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Com transmissão exclusiva no SporTV2, a segunda etapa do Street League Skateboarding (SLS), o Mundial de Skate Street, começa nesta sexta-feira, às 14h, com a presença de grandes nomes do skate brasileiro como Kelvin Hoefler, Pâmela Rosa, Letícia Bufoni e a “Fadinha” Rayssa Leal, campeã da primeira etapa entre as mulheres, que disputam as semifinais da competição.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

- O SLS é um evento tradicional para o skate street e que os brasileiros sempre dominaram. Esta etapa no Arizona será bem importante para a classificação geral do Mundial, que termina em novembro. Além dos representantes brasileiros nos Jogos Olímpicos, vale ficar de olho no Luan Oliveira, que promete boas disputas - disse o comentarista Geninho Amaral, que estará em todas as transmissões ao lado de Karen Jonz e do narrador Sérgio Arenillas.

- E se o Brasil estará bem representado no masculino, no feminino ainda mais, com a nossa rainha Letícia Bufoni, a campeã mundial Pâmela Rosa e a Rayssa Leal, que defende o título da primeira etapa, com o seu skate alegre e de altíssimo nível - completou Amaral.

+ Veja quem reprovou e quem apoiou os comentários de Maurício Souza

Enquanto isso, o 'GE' relembra os cinco melhores momentos da primeira etapa, conta como está a vida de Rayssa Leal após os Jogos Olímpicos, e aponta quais são os principais destaques, além dos skatistas brasileiros, da competição.No dia seguinte, traz um guia completo do torneio, com todos os participantes, curiosidades, favoritos e a forma de disputa.

Ainda na sexta-feira, o ‘GloboEsporte’ conta a história da skatista Gabriela Mazetto, atleta que precisou interromper a carreira no ano olímpico para se tornar mãe da pequena Liz e que volta a competir nesta segunda etapa da liga.

- Não pensava que ia voltar a andar de skate. E não esperava também que pudesse voltar como andava antes. Eu me surpreendi e estou feliz demais - contou a skatista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos