Com quatro empates consecutivos, Fla luta contra a previsibilidade

Paulo Victor Reis

O Flamengo chegou ao quarto empate consecutivo e não vive o seu melhor momento na temporada. O Rubro-Negro não está em crise, mas já não vem conseguindo se impor diante dos adversários. A equipe parece previsível e enfrenta dificuldades. Perguntado se os adversários já teriam estudado o estilo de jogo do time da Gávea, o técnico Zé Ricardo evita preocupação com o assunto neste momento.

- Acho que isso é muito relativo. Temos uma condição muito fácil de observar os adversários, isso serve não só para o Flamengo. Futebol é feito de planejamento. Tentamos criar as opções dentro do modelo de jogo - disse.

Assim como o Vasco, o Atlético-PR deve procurar se defender bem no jogo da próxima quarta-feira, pela Libertadores. Consciente disso, o técnico espera que o Flamengo possa extrair o que fez bem de bom contra o Cruz-Maltino para colocar em prática diante do Furacão, mas com a bola na rede.

- Sabemos que isso faz parte do jogo (se defender). Melhor que tenhamos conseguido finalizar do que não criar tanto. O segundo tempo contra o Vasco pode ser um bom modelo para atuarmos quarta-feira, mas temos um adversário traiçoeiro, que sabe atuar fora de casa. A bola vai entrar na quarta-feira, se Deus quiser - lembrou.

O elenco do Flamengo folga neste domingo e volta aos trabalhos na segunda-feira, no Ninho do Urubu. O técnico Zé Ricardo terá dois treinos para trabalhar pensando no Atlético-PR.








E MAIS: