Com proposta do Tijuana, Sornoza pode não voltar ao Corinthians

Alexandre Guariglia
·2 minuto de leitura


Prestes a se reapresentar ao Corinthians após empréstimo para a LDU-EQU, Sornoza podem nem retornar ao clube do Parque São Jorge, já que recebeu proposta para defender um clube mexicano. Segundo a imprensa equatoriana, o jogador despertou o interesse do Tijuana e pode seguir fora do Brasil para 2021. A diretoria do Timão, porém, ainda não recebeu a proposta.


TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Brasileirão-2020: Veja o prejuízo de cada clube com os portões fechados

Em entrevista coletiva virtual nesta terça-feira, o diretor de futebol do Timão, Roberto de Andrade, admitiu que há o interesse dos mexicanos em contar com o meia, no entanto, nada concreto chegou aos dirigentes corintianos, que aguardam a formalização da proposta pelo agente de Sornoza.

- É um clube mexicano que tem interesse no Sornoza. Eles ainda não entraram em contato conosco, estão conversando com o atleta, não sei se o atleta quer ir também, e eu estou aguardando hoje ou, no mais tardar, amanhã, o retorno do agente do atleta para a gente poder se pôr ao par da situação. Por enquanto a única coisa que chegou foi a mesma coisa que vocês ouviram, então não existe nada ainda de mais concreto para a gente poder passar para vocês.

Segundo apurou o LANCE!, Sornoza voltaria para o Corinthians e a decisão sobre sua permanência para a próxima temporada ficaria sob os cuidados da nova diretoria e da comissão técnica, a não ser que uma proposta surgisse no meio do caminho. Um clube interessado apareceu e se a proposta agradar ao Timão, a continuidade do equatoriano pode nem chegar a ser debatida.

As partes, é claro, irão se reunir para debater o assunto, mas se o termos forem interessantes e o jogador preferir seguir for do país, o negócio deve sair. A princípio, a opção que mais agradaria ao Corinthians seria uma venda, porém o que deve chegar do Tijuana é uma proposta de empréstimo por um ano, nos mesmo moldes do que foi para a LDU-EQU em 2020, com opção de compra no valor de 5 milhões de dólares (R$ 26,3 milhões na cotação atual).

Aos 26 anos (completará 27 no fim deste mês), o meio-campista fez 31 jogos oficiais pela LDU, marcou quatro gols e deu oito assistências no ano passado. O equatoriano tem contrato com o Timão até o fim de 2022. Em sua primeira passagem pelo Alvinegro, em 2019, o meia disputou 46 jogos oficiais, marcou um gol e deu 11 assistências, além de conquistar o Campeonato Paulista.