Com policiamento reforçado, Vasco chega ao Rio sem protesto de torcida

·1 min de leitura
Zé Ricardo está muito pressionado no cargo de treinador do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)


Após o empate com a Chapecoense, o Vasco desembarcou no no Galeão sem protesto por parte dos torcedores. No entanto, havia o receio devido a cobrança feita por membros de organizada no embarque para Chapecó.

Por esse motivo, o policiamento foi reforçado e os jogadores saíram pela administração, evitando o saguão do aeroporto. Para não chamar a atenção, o Vasco não disponibilizou ônibus e os membros da delegação tiveram que ir para casa em carros particulares.

O Vasco enfrenta uma grande crise no futebol. O time não vence há cinco jogos, três deles pela Série B, competição que soma três pontos e ocupa a décima posição. O técnico Zé Ricardo está bastante pressionado no cargo, tanto por torcedores, quanto por conselheiros do clube. Na próxima quarta-feira, o Cruz-Maltino recebe a Ponte Preta, em São Januário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos