Com patrocínio da Bitso, São Paulo 'fecha' uniforme para a temporada

·1 min de leitura
São Paulo anunciou acordo com a Bitso para a manga da camisa (Foto: Dovulgação/Bitso)


Com o anúncio do patrocínio da Bitso para a manga da camiseta pelos próximos três anos, o São Paulo conseguiu fechar todo o seu uniforme para a próxima temporada, garantindo uma boa receita em tempos de pandemia.


Além da Bitso, o São Paulo tem a Sportsbet.io como seu patrocinador máster, a Gazin, que estampa sua marca na barra traseira da camisa, a Roku, que aparece na omoplata e a Socios.com na linha frontal. Já no calção estão estampados ABC da Construção, Cimentos Cauê e Cartão de Todos.

Somente com o acordo da Bitso, o São Paulo faturará algo em torno de R$ 13,5 milhões por ano, totalizando R$ 40 milhões em três anos, duração do vìnculo assinado entre o clube e a empresa.

- Com a apresentação da Bitso, a gente encerra a camisa. Todas as propriedades da camisa foram comercializadas. Além dos patrocínios, no nosso primeiro ano de mandato fizemos algumas mudanças e trouxemos oportunidades de monetização para o clube, como o novo programa de sócio torcedor, que dobrou seus assinantes, e vamos apresentar nos próximos dois, três meses muitas novidades para o torcedor são-paulino no segmento financeiro, entretenimento também - afirmou o diretor de marketing do Tricolor, Eduardo Toni.

Mesmo em tempos de pandemia, o São Paulo vem conseguindo bons acordos na área do marketing. Segundo dados publicados em balancetes, até setembro o clube tinha arrecadado R$ 16 milhões, R$ 3 milhões a mais do que no mesmo período de 2020.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos