Com pênaltis perdidos, Grêmio e Fortaleza ficam no empate pelo Brasileiro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Depois da partida, o Grêmio continua focado no Brasileirão. Ainda tentando sair da zona de rebaixamento, o Tricolor tem clássico gaúcho pela frente. Dessa forma, encara o Juventude, fora de casa, na quarta-feira, 30. Enquanto isso, no mesmo dia, o Fortaleza recebe a Chapecoense. Ambos os jogos são pela 8ª rodada do torneio nacional.

EM BUSCA DO GOL
Precisando deixar a zona de rebaixamento, o Grêmio entrou em campo com grande pressão. Dessa forma, o primeiro susto foi logo no início, quando Rafinha finalizou rasteiro. Felipe Alves ficou com a bola. Na sequência, Diogo Barbosa inverteu o jogo para Douglas Costa, que entrou como titular pela primeira vez. Assim, o atacante puxou para o meio, passou por dois e finalizou à direita do gol.

Dessa maneira, oferecendo espaços para contra-ataques dos cearenses, o Grêmio continuou com a grande pressão, trabalhando sempre bastante a bola na área do Fortaleza. Uma das melhores chances do Tricolor Gaúcho foi aos 26. Depois de conseguir invadir a área dos visitantes, Douglas Costa deu uma bicicleta na sobra, mas mandou por cima. Além disso, a arbitragem já marcava impedimento.

OS SUSTOS DE ÉDERSON
O Fortaleza conseguiu aproveitar de um erro dos gremistas e teve a sua primeira chance de perigo aos 33. Ronald fez um belo lançamento para Éderson, que invadiu a área. O volante tocou por cobertura, mas não fez. O jogador apareceu logo na sequência, com outra boa oportunidade. O Leão do Pici avançou de novo com o volante, que soltou uma bomba de longe. Chapecó se esticou, espalmando para escanteio.

Aos 41, os visitantes apareceram com Romarinho, que fez jogada individual depois de uma sobra de escanteio. O jogador cruzou, e a defesa afastou. Contudo, Titi apareceu para chutar muito forte, porém por cima. Como resposta, a última chance de perigo da primeira etapa partiu dos mandantes. Rafinha cruzou na cabeça de Ferreira, que acertou a trave de Felipe Alves.

Gremio x Fortaleza
Gremio x Fortaleza

Chapecó pegou pênalti de Pikachu (Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

VOLTA MOVIMENTADA
Na volta do intervalo, Ferreira começou mandando a bola para a área do Fortaleza. Kannemann se atrapalhou e mandou muito alto. Como resposta, o Leão teve uma de suas maiores chances. Após erro do goleiro Chapecó, a bola ficou limpa para Robson, que foi travado na hora por Rafinha, evitando gol dos adversários.

NOITE DOS GOLEIROS
Aos 13, um lance bem polêmico. Robson avançou sobre Kannemann, que derrubou o jogador do Fortaleza na área. O zagueiro do Grêmio levou vermelho, e o árbitro apontou pênalti para os visitantes. Pikachu foi para a bola, batendo no canto esquerdo. Gabriel Chapecó espalmou. No rebote, o mesmo Pikachu tentou novamente, mas mandou para fora.

O goleiro ainda teve que salvar o Grêmio em outra oportunidade. Aos 22, David venceu a marcação de Geromel e mandou uma bomba. Chapecó defendeu com os pés. Aos 34, a arbitragem marcou outro pênalti, desta vez para os gaúchos, por toque de mão de Osvaldo. Diego Souza bateu no canto direito, e Felipe Alves ficou com a bola.

PIKACHU PERDEU MAIS UM E FIM DO JOGO
Aos 43, Pikachu teve a chance de abrir o placar. Osvaldo roubou a bola de Paulo Miranda, invadindo a área e rolando a bola para o camisa 22, que isolou. Dessa maneira, sem outro lance, as equipes terminaram no zero.

FICHA TÉCNICA
Grêmio 0 x 0 Fortaleza

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Data/Horário: 27 de junho de 2021 (domingo), às 20h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz e Márcia Bezerra Lopes
Cartões amarelos: Douglas Costa (Grêmio); Éderson, Ronald, Osvaldo e Titi (Fortaleza)
Cartões vermelhos: Kannemann (Grêmio)

Grêmio: Gabriel Chapecó; Rafinha, Pedro Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Lucas Silva, 21’/1ºT), Victor Bobsin e Matheus Henrique (Paulo Miranda, 19’/2ºT); Douglas Costa (Léo Pereira, 40’/2ºT), Diego Souza (Ricardinho, 40’/2ºT) e Ferreira. Técnico: Tiago Nunes.

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Marcelo Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Éderson, Ronald (Felipe, 23’/2ºT), Romarinho (Osvaldo, 23’/2ºT) e Lucas Crispim; Robson (Igor Torres, 40’/2ºT) e David. Técnico: Juan Vojvoda.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos