Com oferta do Atlético, Mattos cria prazo para visto de trabalho inglês

Yahoo Esportes
Mattos está fora do mercado desde sua saída do Palmeiras, em dezembro (Daniel Vorley/Agif)
Mattos está fora do mercado desde sua saída do Palmeiras, em dezembro (Daniel Vorley/Agif)

O Atlético-MG ganhou motivos para ter esperança na contratação de Alexandre Mattos como diretor-executivo de futebol. É que nesta quinta-feira, em reunião no escritório de advocacia de Sérgio Sette Câmara, o ex-dirigente palmeirense afirmou que aguardará somente mais uma semana pela expedição de seu visto de trabalho na Inglaterra.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Se não houver novidades, Mattos cogitará a possibilidade de voltar atrás no acordo com o Reading, da segunda divisão inglesa, para assumir o Galo. É importante lembrar que o dirigente aguarda desde janeiro sua permissão para trabalhar no clube inglês.

Leia também:

No contato com o presidente atleticano, Mattos afirmou que a demora com o visto de trabalho está relacionada à saída do Reino Unido da União Europeia e à epidemia do coronavírus. Para piorar, o Reading ainda sofre com uma punição imposta pela Federação Inglesa, que o impede de contratar jogadores.

Mattos é amigo de longa data de Sette Câmara. Tanto que o presidente do Atlético esteve no casamento do executivo, tempos atrás. Desde então, eles se falam com bastante frequência e o ex-palmeirense passou a ser o Plano A desde a demissão de Rui Costa, após a eliminação do Galo para o Afogados, na Copa do Brasil.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.


Leia também