Com multa de R$ 150 milhões, goleiro do sub-17 do Corinthians assina contrato profissional

·1 minuto de leitura


Goleiro do sub-17 do Corinthians, Felipe Longo assinou seu primeiro contrato profissional com o clube. O novo vínculo vai até 30 de setembro de 2024 e a multa para deixar o Timão é de R$ 150 milhões. Aos 16 anos, o jovem arqueiro vibrou por esse novo momento de sua promissora carreira.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Confira as fotos da nova terceira camisa roxa do Corinthians

- Muito feliz em assinar meu primeiro contrato profissional com o Corinthians. Grato a todos que me ajudaram a realizar esse grande sonho. Sigo muito motivado para alcançar novos objetivos com essa grande camisa! - escreveu em suas redes sociais.

Felipe Longo chegou ao Corinthians no projeto Chute Inicial, escolinha de futebol licenciada do clube do Parque São Jorge, em 2013. No ano seguinte, ele passou a integrar a equipe sub-9. As principais conquistas dele pelo clube são o Paulista Sub-13 e o Paulista Cup-14.

Com 1,88m, Longo já treinou em algumas ocasiões com o time profissional, inclusive quando ainda tinha 14 anos. Em 2020, por exemplo, ele chegou a treinar durante cinco meses com a equipe principal. O jovem já recebeu elogios de Cássio e se inspira no ídolo da torcida corintiana.

- Esses dias treinei com um menino do sub-14, fiquei feliz, impressionado. No tamanho já é quase da minha altura. O Corinthians está muito bem servido de goleiro, não vai precisar contratar, porque até os da base estão vindo bem - disse Cássio, na época.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos