Com muitos jogos em sequência, São Paulo deverá rodar o elenco; Confira as opções para o revezamento

LANCE!
·4 minuto de leitura


A volta do São Paulo aos gramados, no último sábado (10), ficou marcada por uma exibição de gala no Morumbi. O Tricolor passou por cima do São Caetano, goleando por 5 a 1. O jogo marcou o início de uma bateria de muitas partidas do Paulistão com poucos intervalos entre elas.


SÃO PAULO COM 10 PONTOS! VEJA A TABELA ATUALIZADA DO PAULISTÃO!

O próximo confronto do São Paulo será já na segunda-feira (12), às 20h, contra o Red Bull Bragantino, no Morumbi. Assim, o time terá apenas um dia para descansar do jogo contra o São Caetano, o domingo (11), no qual a equipe treinará no CT da Barra Funda.

Depois, o mesmo esquema se repetirá, pois a equipe jogará de dois em dois dias, enfrentando o Guarani na quarta-feira (14), no Morumbi, e o Palmeiras na sexta-feira (16), no Allianz Parque.

​Dessa forma, o treinador Hernán Crespo terá que pensar em uma maneira de rodar o elenco, garantindo descanso aos atletas quando possível e evitando desgastes de jogadores importantes do time. Para isso, os reforços e os atletas da base serão importantes.

Os atletas inscritos pelo São Paulo são:

Goleiros: Tiago Volpi, Lucas Perri e Thiago Couto

Laterais: Igor Vinicius, Reinaldo e Léo (Lista A); Welington e Gabriel Rodrigues (Lista B);

Zagueiros: Arboleda, Bruno Alves, Diego Costa, Miranda e Rodrigo Freitas (Lista A); Luizão e Lucas Beraldo (Lista B);

Volantes: Luan, Tchê Tchê e Liziero (Lista A); Rodrigo Nestor (Lista B);

Meias: Daniel Alves, Hernanes, Vitor Bueno, Igor Gomes, Benítez e Gabriel Sara (Lista A); Talles Costa (Lista B);

Atacantes: Luciano, Pablo, Toró, Bruno Rodrigues, Rojas, e Eder (Lista A); Galeano e Vitinho (Lista B).

Sobre a lista, é importante ressaltar que Léo, um dos laterais, atua como zagueiro no esquema de Crespo e que Tchê Tchê e Toró não defendem mais a equipe.

Assim, o argentino terá algumas opções para rodar o elenco, mas terá prejuízos em alguns setores do campo, nos quais contará com menos jogadores. Entretanto, com muitas opções no elenco, existem possibilidades para revezar o elenco.

Trio de zaga

Na zaga, a inscrição de Miranda foi muito importante para o Tricolor que, agora, conta com reservas imediatos para cada um dos titulares e, ainda, dois suplentes na lista B.

É possível que Miranda assuma a titularidade ao lado de Arboleda e Léo, deixando o trio reserva com Bruno Alves, Diego Costa e Rodrigo Freitas.

Laterais

A ala direita é, provavelmente, a posição mais carente da equipe, na qual o substituto direto de Igor Vinícius é Gabriel Rodrigues, atleta jovem da base, que ainda não atuou pelo profissional.

Pensando nesse problema, o clube contratou o colombiano Orejuela, mas ele não foi inscrito na fase inicial da competição, o que pode ser problema para a equipe que, eventualmente, precisará jogar com outro jogador, buscando dar algum descanso para Igor Vinícius.

O que é possível, neste caso, á a utilização do ponta paraguaio Galeano. Ele substituiu o camisa 2 em algumas ocasiões e, mesmo não sendo um lateral, consegue atuar bem como ala, pois a posição permite que ele seja mais ofensivo nessa função. Outra possibilidade é a escalação de Liziero, que já atuou como lateral direito.

Na ala esquerda, Welington vem substituindo Reinaldo quando necessário, sendo uma boa opção para os momentos em que o camisa 6 receber uma oportunidade de descansar.

Meio de campo

No meio de campo, o time também conta com vários nomes para as posições. Em bom momento, Rodrigo Nestor deve revezar a função de volante com Luan, enquanto Daniel Alves, Benítez, Igor Gomes, Gabriel Sara e Hernanes devem disputar as vagas de meia.

Liziero, que pode ser utilizado como uma opção para a lateral direita, também é capaz de substituir Luan ou Nestor se necessário. Vitor Bueno, que é meia de origem, vem sendo utilizado como atacante por Hernán Crespo.

Ataque

No ataque, a equipe tem mais opções para escalar. O time de Hernán Crespo joga com apenas uma dupla de ataque e conta com vários jogadores, com diferentes características.

O time jogou com Luciano e Pablo como titulares, mas a tendência é que Eder e Rojas ganhem mais minutos nas próximas partidas, especialmente por causa da necessidade de revezar a equipe. Rojas, por exemplo, já foi escalado como titular no último jogo, contra o São Caetano, pois Luciano não foi convocado por motivos pessoais.

O São Paulo conta, ainda, com outros atacantes, como Vitor Bueno, Galeano, Bruno Rodrigues e Vitinho. Assim, o Tricolor está bem servido, com opções para revezar a equipe no ataque.

O São Paulo começou bem a nova sequência de partidas do Paulistão e aposta nos reforços para conseguir rodar bem o elenco, não desgastando muito os atletas e conseguindo, ao mesmo tempo, manter o nível competitivo da equipe.

O Tricolor entra em campo na próxima segunda-feira (12), às 20h, no Morumbi para enfrentar o Red Bull Bragantino. Com dez pontos na competição e o melhor ataque do torneio, com 15 gols, o São Paulo espera manter a boa fase e somar mais uma vitória no Paulistão.