Com Marinho, Santos treina de olho em jogo decisivo contra o Barcelona

·1 minuto de leitura


De olho no confronto da próxima quarta-feira (26), contra o Barcelona de Guayaquil, no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, às 21h, pela última rodada da Fase de Grupos da Copa Libertadores, o Santos treinou neste sábado, no CT Rei Pelé.

O atacante Marinho, recuperado de lesão de grau 1 constatada na coxa esquerda que o tirou dos últimos jogos, treinou normalmente e deve voltar ao time na partida decisiva da próxima quarta.

O técnico Fernando Diniz, que voltará a comandar o time após a suspensão cumprida contra o The Strongest, não contará com Alison e Jean Mota, suspensos. O técnico pode optar por Kevin Malthus e Vinicius Balieiro, caso pense em um time mais cauteloso. Pensando numa forma mais ofensiva, o treinador pode optar por Marcos Leonardo e Balieiro. O meia Lucas Loureço e o volante Ivonei também são opções.

Durante a derrota contra o The Strongest, o treinador colocou Copete na partida e adiantou o lateral-esquerda Felipe Jonatan para ocupar a função de meio-campista. O jogador já atuou nessa função com outros treinadores, entre eles Jorge Sampaoli e Ariel Holan.

O Santos precisa vencer o Barcelona se quiser avançar de fase. Além do triunfo, a equipe precisa que o Boca Juniors não derrote o The Strongest, em casa. A vaga na Sul-Americana também está em jogo. Em caso de derrota para o Barcelona e empate ou vitória do The Strongest contra o Boca, o Peixe ficará fora das duas competições continentais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos