Com média de idade abaixo dos 19 anos como desafio, Flamengo estreia Copinha com 'mundo de olho' em joias

·2 min de leitura


O pontapé inicial da Copa SP de Futebol Júnior para o Flamengo é nesta quarta. Às 21h45, o Rubro-Negro enfrenta o Forte (ES) com um elenco que tem como base o time Sub-17 campeão em 2021. Os Garotos do Ninho entram em campo em busca do penta da Copinha, mas também com a responsabilidade de manterem a tradição do clube em revelar jovens na competição. Algumas joias são conhecidas, como Matheus França, observado por vários clubes europeus.

+ Ao L!, VP da Base do Flamengo faz balanço de 2021: 'Meta foi cumprida'

Nesta edição, jogadores de até 21 anos poderão disputar a Copinha por conta do adiamento da competição em 2020. Contudo, o Flamengo inscreveu um grupo de atletas com média de 18 anos, oito meses e 22 dias - levando em consideração a data de estreia do Rubro-Negro no torneio, no dia 5 de janeiro.

Em entrevista recente ao LANCE!, o técnico Fábio Matias falou sobre a situação de contar com um grupo tão jovem devido à utilização de nomes do Sub-20 no elenco principal, ressaltando a importância desse período de transição na base.

- Estamos cientes disso. O importante é essa transição do Sub-17 para o Sub-20. Muitas vezes, essa transição é das mais difíceis. Temos que tomar muito cuidado em relação às expectativas em cima dos meninos e quanto elas podem ser frustradas. São meninos com um potencial tremendo, mas que precisam ser avaliados e têm três anos de categoria ainda. Tem aqueles que nem passam pelo Sub-20 e aqueles que precisam ficar na categoria para desenvolver alguns aspectos - afirmou o técnico do Sub-20 do Flamengo. Veja a entrevista abaixo!

Matheus França
Matheus França

Matheus França é uma das joias (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

AS JOIAS DO NINHO DO URUBU

Entre os vários talentos formados nas divisões de base do Flamengo, Matheus França, Victor Hugo, Petterson e Mateusão - destaques do Sub-17 em 2021 - despontam como alguns dos nomes mais promissores da categorias que estão inscritos na Copinha. O primeiro, talvez, seja o principal deles, e já desperta o interesse de clubes do exterior, que o estarão acompanhando na competição.

Aos 18 anos, França fez sua estreia entre os profissionais na reta final do Brasileirão de 2021. "Sensação inexplicável", afirmou o meia-atacante que chegou ao clube em 2016 e, no ano passado, renovou seu contrato. O novo vínculo é válido até 2027 e tem multa rescisória recorde: 100 milhões de euros.

O Real Madrid, segundo a imprensa espanhola, já acompanha de perto os passos de Matheus França. A Copinha, uma das maiores vitrines do futebol brasileiro, será a oportunidade dele e dos outros garotos do Ninho repetirem o sucesso de Vinícius Júnior e Lucas Paquetá, por exemplo, que, antes de irem à Europa, deram retorno técnico e financeiro ao time principal do Flamengo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos