Com lucro de R$ 2,9 milhões na volta da Fiel, Corinthians mira 6ª vitória consecutiva na Neo Química Arena

·3 min de leitura


Se por um lado o Corinthians acaba de completar um jejum de mais de dois meses e meio sem vitórias fora de casa, por outro a sua realidade como mandante é bem diferente. Embalado pela Fiel, o Alvinegro acumula cinco triunfos seguidos na Neo Química Arena, onde no sábado enfrenta o Cuiabá, às 21h, pela 32ª rodada do Brasileirão, apostando no fator casa para dar um passo rumo ao G4, a zona de classificação direta à fase de grupos da Libertadores.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja até quando vai o contrato de cada jogador do Corinthians

E a força do Timão em seus domínios desde a volta da torcida ao estádio também vem sendo traduzida em bons números com bilheterias. Com 98.155 ingressos vendidos nos quatro jogos com presença de público, o Timão contabilizou um lucro de quase R$ 2,9 milhões. O clube faturou R$ 2.878.376,93 em renda líquida após pagar todas as despesas do total de R$ 5.302.401,7 arrecadados com a renda bruta originada pelas entradas para estas partidas.

A série vitoriosa do Corinthians em casa começou com um triunfo por 2 a 1 no clássico contra o Palmeiras, realizado ainda sem a presença da Fiel, que depois apoiou a equipe nos confrontos em que o Timão derrotou Bahia (3 a 1), Fluminense, Chapecoense e Fortaleza, todos batidos por 1 a 0. Assim, o time atuará diante do Cuiabá em busca da sexta vitória seguida em Itaquera.

Com 47 pontos ganhos, o Alvinegro ocupa a sexta posição do Campeonato Brasileiro, enquanto o Fortaleza e o Red Bull Bragantino, empatados com 49 pontos, figuram nas respectivas quinta e sexta colocações. E a equipe comandada pelo técnico Sylvinho não terá como entrar no G4 neste sábado porque no mesmo dia haverá o confronto direto justamente entre o clube cearense e o time de Bragança Paulista, às 19h, no estádio Nabi Abi Chedi.

Mas, independentemente disso e da derrota por 3 a 0 sofrida para o Alético-MG no Mineirão na última quarta-feira, o Corinthians espera mais uma vez poder contar com casa cheia neste confronto diante do Cuiabá. Com quase 40 mil torcedores presentes no jogo diante da Chapecoense e mais de 36 mil no duelo com o Fortaleza, que foram os primeiros com a Arena 100% liberada à Fiel, o clube lucrou R$ 2,479.059,3 com a renda líquida somada destes dois embates.

Antes disso, com o seu estádio limitado a receber 30% de sua capacidade de público nas partidas contra Bahia e Fluminense, Corinthians faturou um total de "apenas" R$ 399.318,23 com a renda líquida destes confrontos.

Após pegar o Cuiabá neste sábado, o Timão vai enfrentar o Flamengo na quarta-feira, no Maracanã, e em seguida voltará a jogar na Neo Química Arena no clássico contra o Santos, no dia 21. Os ingressos para este duelo com o Peixe começaram a ser vendidos já na última quinta-feira. E o estádio alvinegro ainda será palco de outros dois jogos do Corinthians nesta reta final do Brasileirão, diante do Athletico-PR, no dia 28, e do Grêmio, em 5 de dezembro.

E o fato de saber aproveitar o fator casa vem tendo um peso muito grande para um time que venceu a sua última partida como visitante no dia 28 de agosto, quando bateu os gremistas por 1 a 0, em Porto Alegre. Depois disso, a equipe comandada por Sylvinho acumulou apenas três pontos em seis jogos longe de seus domínios - foram três empates (com Atlético-GO, Red Bull Bragantino e Internacional) e três derrotas (sofridas contra Sport, São Paulo e Atlético-MG).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos