Com lombalgia, Felipe Jonatan é dúvida para a estreia do Santos no Paulista

Felipe Jonatan se recupera de uma lombalgia (Foto: Ivan Storti / Santos)


O lateral-esquerdo Felipe Jonatan ainda não sabe se estará em campo na estreia do Santos no Campeonato Paulista, no dia 14 de janeiro, na Vila Belmiro. O jogador não treinou desde que retornou das férias e ainda é dúvida para o primeiro jogo da temporada.

Felipe foi substituído no empate em 1 a 1 contra o Avaí, ainda pelo Campeonato Brasileiro, no dia 5 de novembro. Ele foi diagnosticado com lombalgia e não jogou mais em 2022. Para pré-temporada, o lateral foi liberado para acompanhar o nascimento do filho.

Nos últimos dias, Felipe Jonatan tem ficado na academia e trata a lombalgia antes de retornar aos campos. Ele viajou com o restante do elenco para Atibaia, mas ainda não tem previsão de retorno.

Sem o camisa 3, o técnico Odair Hellmann vem trabalhando com Lucas Pires na lateral. O jogador perdeu espaço na reta final da temporada, mas vem ganhando atenção da comissão técnica. Internamente, a oscilação de Pires no ano passado é trato com naturalidade por conta da idade.

Felipe viveu temporada de altos e baixos, mas terminou o ano cobiçado

O lateral-esquerdo Felipe Jonatan viveu uma temporada de 2022 com muitas reviravoltas. O jogador começou o ano como titular, mas acabou perdendo a vaga. Com o tempo, porém, reconquistou seu espaço e hoje é um dos nomes mais procurados no mercado de transferências.

a mesma forma, nas últimas três temporadas, 2022 foi o ano em que o camisa 3 menos participou dos duelos: foram 36 partidas. Em 2020, foram 61 jogos, com dois gols e seis assistências. Em 2021, mais 58 jogos, dois gols e cinco assistências.

Após o término do Campeonato Brasileiro, Felipe Jonatan passou a receber sondagens. O presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, revelou interesse na contratação do lateral do Peixe em entrevista ao Esportes do Povo. Até o momento o Santos não recebeu nada oficial.

Outro clube que busca uma opção no mercado é o São Paulo. Após a saída de Reinaldo, em término de contrato, o Tricolor demonstrou interesse em ambos laterais santistas: Felipe Jonatan e Lucas Pires. O Peixe não se animou com a possibilidade de negociar o camisa 44.

Por fim, o jogador foi indicado ao Fluminense pelo técnico Fernando Diniz e o clube carioca fez uma sondagem ao atleta, mas o Santos brecou a saída pelo interesse do técnico Odair Hellmann em trabalhar com o lateral.