Com ippon, Eduardo Yudy bate alemão e fatura o bronze em Israel

Brasileiro faturou o bronze, nesta sexta-feira, em Israel (Foto: Reprodução)
Brasileiro faturou o bronze, nesta sexta-feira, em Israel (Foto: Reprodução)


Em grande estilo e com eficiência, Eduardo Yudy conquistou a medalha de bronze no Grand Prix de judô de Tel Aviv, em Israel. Nesta sexta-feira, o brasileiro, literalmente, catapultou o alemão Dominic Ressel nos primeiros segundos da disputa para conquistar o lugar no pódio. A luta entre os dois durou, aproximadamente, 30 segundos.

Com o resultado, Yudy soma 350 pontos do ranking nesta reta final da corrida por vagas nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Foi a segunda medalha de bronze que a Seleção Brasileira conquistou no GP de Tel Aviv. A primeira foi com Daniel Cargnin (66kg) na última quinta-feira.

Além dele, Aléxia Castilhos também disputou a medalha de bronze, mas perdeu para a checa Renata Zachova e fechou o Grand Prix de Tel Aviv em quinto lugar, somando 252 pontos na corrida olímpica.

Eduardo Katsuhiro (73kg) e João Macedo (81kg) venceram as duas primeiras, mas acabaram eliminados nas oitavas de final. David Lima (73kg) e Maria Portela (70kg) venceram a primeira e perderam na segunda rodada. No caso de Portela, a luta valia pelas oitavas de final, pois que ela entrou como cabeça de chave na competição. Já Ellen Santana (70kg) e Ketleyn Quadros (63kg) foram derrotadas logo de cara, na primeira luta, ambas válidas pela segunda rodada do GP de Tel Aviv.

Neste sábado, o Brasil retorna ao tatame. No terceiro e último dia do Grand Prix de Tel Aviv, Samanta Soares (78kg), Rafael Macedo (90kg), Giovani Ferreira (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg) e Rafael Buzacarini (100kg) irão disputar uma medalha.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também