Com gols de Matheus Cunha e Lukebakio, Hertha Berlin vence e complica Bayer Leverkusen


O Hertha Berlin derrotou o Bayer Leverkusen por 2 x 0 e complicou o adversário, que luta por uma vaga na Champions League 2020/21. Mesmo sem pretensões na competição, o time da capital venceu com um belo gol do atacante brasileiro Matheus Cunha e um de Lukebakio. Com a derrota, o Leverkusen foi ultrapassado pelo Monchengladbach e a diferença é de apenas 2 pontos (62 x 60).

Na última rodada da Bundesliga, o Leverkusen encara o Mainz, em casa, no próximo sábado, às 10h30, necessitando da vitória e de um tropeço do adversário, que joga contra o Hertha Berlin, também no mesmo horário.

Confira a classificação da Bundesliga

Visitantes tomam a iniciativa
Na primeira etapa, o Leverkusen tomou a iniciativa por ainda ter pretensões no campeonato. Diaby foi bastante acionado pela direita e deu trabalho a defesa do Hertha. Aos 5, o destaque do time na temporada, Havertz, recebeu na área , mas pegou mal na bola. Em outra chegada do Leverkusen, novamente o meia recebeu na área, mas perdeu uma grande oportunidade, com uma defesa fácil do goleiro Jarstein.

O menino tem estrela
Apesar do Bayer comandar as ações no início da partida, aos 22, foi a vez do Hertha contra-atacar. E o brasileiro Matheus Cunha provou que tem estrela e que pode ser uma ótima opção não só para a seleção olímpica, como para o técnico Tite. Lukebakio disparou pela direita e tocou para trás para um belo chute do brasileiro, que demonstrou qualidade e frieza para marcar.

Hertha cresce na partida

Após abrir o placar, o time da capital cresceu no jogo e teve boas oportunidades de ampliar o marcador. Aos 25, novamente Matheus Cunha apareceu no jogo, após falha da defesa do Leverkusen. Ele recebeu um bonito passe e chutou no canto, para uma brilhante defesa de Lukas Hradecky. Onze minutos depois, foi a vez de Piatek receber em profundidade na direita, sem marcação, e chutar no canto para uma nova defesa do goleiro do Leverkusen.

Substituições não surtem efeito e Hertha amplia
Na segunda etapa, o técnico Peter Bosz colocou o brasileiro Paulinho e Demirbay em busca da virada, já que só a vitória interessava para depender apenas das próprias forças na última rodada da Bundesliga. No entanto, aos 9, novamente no contra-ataque, Piatek fez ótima jogada passando por dois marcadores e pelo goleiro, deixando para Lukebakio só empurrar para as redes.

Na base do desespero
Com o segundo gol do Hertha, o Leverkusen partiu para cima do adversário, porém na base do desespero, sem organização tática. Faltou capricho aos visitantes, que abusaram de bolas alçadas na área. Em cruzamento de Diaby, Havertz finalizou à direita, sem perigo para Jarstein. Minutos depois, Lucas Alario entrou em campo, na última substituição do Bayer, e tentou cruzar na área, mas a bola foi interceptada pelos defensores do Hertha, que tiveram ótima atuação e não deram espaço para o ataque adversário.

















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também