Com gol de Thiago Silva, Chelsea goleia o Sheffield e encosta nos líderes do Inglês

LANCE!
·2 minuto de leitura


Após susto no início na partida, o Chelsea confirmou o favoritismo diante do Sheffield United e venceu a segunda seguida no Inglês. Neste sábado, em Stamford Bridge, os Blues golearam por 4 a 1, com gols de Abraham, Chilwell, Thiago Silva e Werner. McGoldrick abriu o placar para os visitantes, que seguem na lanterna da competição com a derrota. Enquanto isso, o Chelsea chegou aos 15 pontos e dorme na terceira posição da tabela.

ALERTA DE ZEBRA
No duelo do time que não sofria gols há cinco jogos contra o pior ataque da competição, poucos esperavam que o Sheffield iria abrir o placar. Mas foi isso que aconteceu, logo aos 8 minutos de jogo. Em jogada bem trabalhada após escanteio curto, Berge finalizou na área e o irlandês McGoldrick desviou de letra para bater o goleiro Mendy e dar vantagem aos visitantes.

RESPOSTA RÁPIDA
Mas a zebra durou pouco. Atrás do placar, o Chelsea aumentou o volume de jogo, começou a pressionar o adversário e chegou ao empate aos 23 minutos. Ziyech lançou Kovacic pela direita, e o meia rolou para trás para a chegada de Abraham. O camisa 9 não pegou firme na bola, mas foi o suficiente para colocar no canto direito de Ramsdale e igualar o placar.

VIRADA DOS BLUES
Após o empate, não tardou muito para os donos da casa virarem a partida. E, de novo, a jogada do gol saiu pelos pés de Hakim Ziyech. Após cobrança de escanteio, o marroquino recebeu na intermediária e acertou belo lançamento para Chilwell na segunda trave. O lateral-esquerdo se antecipou ao goleiro adversário e concluiu de coxa para marcar o segundo dos Blues.

CAPITÃO DESENCANTA E ARTILHEIRO MARCA
Na etapa final, o Chelsea aproveitou um Sheffield inofensivo no ataque e transformou a vitória em goleada. Aos 31, Ziyech cobrou falta na cabeça de Thiago Silva, e o brasileiro marcou seu primeiro gol com a camisa dos Blues. Logo em seguida, aos 34, Kanté ganhou dividida na intermediária e a bola sobrou para Werner na cara do gol. O alemão bateu de primeira, marcou o quarto dos donos da casa e fechou o placar.