Com gol de Rafael Leão, Milan bate Salernitana fora de casa na volta do Campeonato Italiano

Milan venceu no retorno do Campeonato Italiano contra a Salernitana (Foto: Divulgação/Milan)


No retorno da temporada na Itália, o Milan bateu a Salernitana por 2 a 1 na manhã desta quarta-feira pela 16ª rodada do Campeonato Italiano. Os Rossoneros foram superiores e fizeram um jogo fácil fora de casa marcando dois gols logo no início com Rafael Leão e Tonali. No final da partida, o time mandante diminuiu com Bonazzoli.

Com a vitória, a equipe comandada por Stefano Pioli soma três pontos e chega a 36 pontos. Assim, segue na vice-liderança atrás do Napoli que tem um jogo a menos e está com 41 pontos. A Salernitana segue na 13ª colocação com 17 pontos.

+ Veja a tabela do Campeonato Italiano

SALERNITANA ATACA
Logo no começo do jogo, o time da casa deu perigo ao Milan e chegou duas vezes ao ataque. A Salernitana teve os primeiros minutos de controle da partida e apostou nas jogadas pelo corredor direito, mas não concluiu as jogadas com precisão.

MILAN NA FRENTE!
Após uma breve pressão da Salernitana, o Milan reagiu e chegou com muito perigo. Rafael Leão chegou a desperdiçar uma chance cara a cara com o goleiro Ochoa. Na sequência, aos 10 minutos, Tonali acertou um lindo passe e, dessa vez, o atacante português levou a melhor e abriu o placar.

Cinco minutos depois, o Milan seguiu com uma enorme pressão no jogo e voltou a marcar. Dessa vez, com Tonali. O jogador bateu para o gol, Ochoa espalmou e sobrou para Brahim Díaz, que rolou para o volante chegar batendo de primeira e marcar um golaço.

CHUVA DE GOLS PERDIDOS
O Milan aproveitou a desorganização da defesa adversária e foi com tudo pro ataque. A equipe criou grandes chances de gol com Giroud, Rafael Leão e Brahim Díaz. O placar poderia ter sido ampliado no primeiro tempo, mas os atacantes não colaboraram e desperdiçaram as oportunidades.

+ Messi volta ao PSG sob aplausos após título da Copa do Mundo

NÃO VALEU!
O Milan chegou a marcar o terceiro gol, mas foi anulado por impedimento. Em cobrança de falta na área, Tomori bateu para o gol, mas a bola desviou em Brahim Díaz, que estava em posição irregular. O árbitro foi no VAR analisar o lance e avaliou que o camisa 10 influenciou na jogada e anulou o gol.

OCHOA BRILHA
O goleiro Ochoa ainda teve um momento de brilho na partida apesar dos dois gols sofridos. No fim do jogo, aos 35 minutos da etapa final, Giroud recebeu na área e bateu forte, o mexicano espalmou e, na sequência, defendeu um chute a queima-roupa de De Ketelaere.

SALERNITANA DIMINUI
Logo na sequência das grandes defesas de Ochoa, a Salernitana subiu ao ataque e marcou um gol. Coulibaly carregou pela direita e acertou um belo cruzamento para Bonazzoli que só empurrou para dentro.