Com gol de promessa, Vitória encerra Série B com êxito fora de casa contra o Brasil-RS

Futebol Latino
·3 minuto de leitura


Em um dos duelos sem objetivos nesta última rodada da Série B, Brasil de Pelotas e Vitória mediram forças, no Bento de Freitas. Time que deu mais perigo na maior parte do jogo, o Rubro-Negro baiano venceu por 1 a 0 onde contou com um erro defensivo do Xavante para sair com o êxito do Sul.

O Vitória chegou aos 48 pontos e termina a Série B na 14ª colocação, um ponto a menos e duas posições abaixo do próprio Brasil de Pelotas, que encerrou a competição nacional com 11 vitórias e 11 derrotas em 38 rodadas.

QUE INÍCIO DE JOGO!

Aos sete minutos de jogo, o Brasil de Pelotas teve a primeira chance com Dellatorre. O atacante recebeu na área, chutou e viu Yuri salvar o Vitória. No minuto seguinte, o Xavante até balançou as redes em um voleio de Matheuzinho, porém a arbitragem assinalou o impedimento.

No mesmo minuto, Junior Viçosa respondeu para o Vitória ao emendar uma bicicleta. Matheus Nogueira conseguiu segurar bem a bola. Aos nove minutos, Bruno José invadiu a área e chutou assustando o Rubro-Negro baiano.

O Vitória teve mais três chances entre os 12 e 15 minutos com Ruan Nascimento, Dudu e Alisson Farias, mas no trio de oportunidades Matheus Nogueira apareceu para evitar o gol.

VITÓRIA DOMINA O JOGO

A equipe baiana seguia firme no ataque em busca do gol e trabalhava melhor a bola rumo ao seu objetivo. O Brasil tentava se defender como podia e tentava o contra-ataque rápido para responder os adversários. Na organização de jogo, o Xavante encontrava dificuldade.

CADÊ A LUZ?

Aos 38 minutos de jogo, a partida 'esfriou' obrigatoriamente depois que dois refletores do Bento de Freitas sofreram um apagão. Pouco mais de 20 minutos depois, as torres de iluminação se reacenderam por inteiro e a bola voltou a rolar em Pelotas.

Com a bola rolando, os jogadores não voltaram no ritmo e o árbitro encerrou o primeiro tempo com o placar zerado.

PERIGO E DEPOIS LAMBANÇA

O Vitória teve a oportunidade de marcar logo no comecinho do segundo tempo com Pedrinho, que entrou no intervalo. O jogador recebeu e chutou, Matheus Nogueira defendeu, na sequência Gerson Magrão pegou o rebote e viu o goleiro Xavante brilhar novamente.

Mas assim como quase marcou, o Vitória quase entregou a paçoca. Mateus Moraes recuou na fogueira para o goleiro Yuri, que foi obrigado a chutar de qualquer jeito para a lateral.

VITÓRIA INSISTIU TANTO QUE FEZ

A zaga do Brasil de Pelotas saiu perigosamente com Diego Ivo tocando por cima para Pablo, que tinha dois minutos em campo. O volante perdeu a bola e na sequência Samuel, que também tinha acabado de entrar, chutou de fora da área para abrir o placar.

PRESSÃO DO BRASIL...

Aos 33 minutos, o zagueiro Héverton arriscou de longe. A bola passou tirando tinta e assustou Yuri. Dois minutos mais tarde, o Brasil de Pelotas teve escanteio para cobrar e acertou o travessão do Vitória.

FICHA TÉCNICA
BRASIL-RS X VITÓRIA - 38ª RODADA DO BRASILEIRO DA SÉRIE B
Estádio: Bento de Freitas, em Pelotas (RS)
Data: 29 de janeiro de 2021, às 21h30
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)
Gramado: regular
Cartões amarelos: Diego Ivo e Bruno Matias (BRA) / Gabriel Santiago, Pedrinho e Gerson Magrão (VIT)

GOLS: Samuel, 25'/2ºT (0-1)

BRASIL DE PELOTAS (Técnico: Cláudio Tencati)
Matheus Nogueira; Rodrigo Ferreira, Héverton, Diego Ivo e Mateus Mendes; Gustavo Cazonatti (Pablo, aos 22'/2ºT), Bruno Matias (Rafael Vinícius, aos 22'/2ºT), Matheus Oliveira; Bruno José, Dellatorre e Matheusinho (Luiz Felipe, aos 42'/2ºT).

VITÓRIA (Técnico: Rodrigo Chagas)
Yuri; Leandro Silva, Mateus Moraes, Maurício Ramos e Leocovick; Gerson Magrão, Gabriel Santiago (Soares, aos 15'/2ºT) e Dudu (Mateus Tenório, aos 21'/2ºT); Alisson Farias (Pedrinho, no intervalo) e Júnior Viçosa (Samuel, no intervalo) e Ruan Nascimento.