Com gol de Pedro Raul, Botafogo vence o Vitória-ES em amistoso

Sergio Santana
LANCE!
Atrasos nos pagamentos são uma constante na rotina do clube de General Severiano (Foto: Vitor Silva/Botafogo)
Atrasos nos pagamentos são uma constante na rotina do clube de General Severiano (Foto: Vitor Silva/Botafogo)


O Botafogo "foi aprovado" no teste geral antes da temporada, de fato, começar. A equipe principal do Alvinegro venceu, nesta segunda-feira, o Vitória FC por 2 a 0, em amistoso realizado no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo. Marcelo Benevenuto e Pedro Raul, contratado para ser o novo atacante em 2020, fizeram os gols do Glorioso.

Vale ressaltar que, enquanto os jogadores do Botafogo estão no Espírito Santo e fazem a pré-temporada no hotel-fazenda China Park, alguns reservas e atletas do time sub-20 voltaram ao Rio de Janeiro para a disputa das duas primeiras rodadas do Campeonato Carioca. Nesta terça-feira, o Alvinegro enfrenta o Madureira, às 16h, em Conselheiro Galvão, pela segunda rodada da Taça Guanabara.

COMEÇO ELETRIZANTE
Amistoso? O Botafogo não tirou o pé e iniciou a partida com muita intensidade. Com dois minutos, a equipe comandada por Alberto Valentim abriu o placar. Após Fernando sofrer falta, Bruno Nazário colocou a bola na área, o goleiro Harisson saiu sem pegar nada e Marcelo Benevenuto, sem marcação, só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes, começando a contagem para o Alvinegro.

BOTAFOGO CONTROLA O CAMPO
Mesmo com o gol, o Alvinegro não perdeu o ímpeto ofensivo. Diante da diferença técnica entre as equipes, o Botafogo ocupou o campo de ataque com certa facilidade, e assustou, principalmente com tramas pelo lado direito, com Luiz Fernando, bastante acionado nos primeiros 45 minutos. O camisa 7 até criou uma boa chance, mas parou em defesa de Harisson. No fim, o primeiro tempo ficou no 1 a 0.

INSTINTO MATADOR
Assim como no primeiro tempo, o Botafogo começou em cima: antes dos três minutos, Bruno Nazário obrigou o goleiro a fazer uma grande defesa após uma cabeçada dentro da área. Foi com Pedro Raul, contudo, que o Alvinegro conseguiu dobrar a vantagem: aos 17 minutos, o camisa 9 recebeu de Luís Henrique, após puxar contra-ataque e atravessar praticamente todo o campo, dominou a bola, ajeitou o corpo e finalizou cruzado, sem chances, balançando as redes.

ADMINISTROU A PARTIDA
Com nove substituições durante a partida - apenas Gatito Fernández e Marcelo Benevenuto jogaram os 90 minutos -, o Botafogo caiu de rendimento no fim do segundo tempo, até por uma questão de falta de entrosamento. Mesmo assim, a equipe de Valentim passou longe de levar sustos e confirmou a tranquila vitória em solos capixabas.

FICHA TÉCNICA

Vitória: Harisson (Fernando Subtil); Cassio (Thainler), Ferrugem (Lucas Barboza), Léo Breno (Ewerton), Jeferson; Igor Pimentel, Toni Galego; Rodrigo Cesar (Gianlucas), Elivelton, Carlos Vitor (Betão); Ramon. Técnico: Rodrigo Fonseca.

Botafogo: Gatito Fernández; Fernando (Diego Ayres), Marcelo Benevenuto, Carli (Ruan Renato), Guilherme Santos (Hugo); Cícero (Romildo), Thiaguinho (Marlon); Luiz Fernando (Rhuan), Bruno Nazário (Leandrinho), Luís Henrique (Lecaros); Pedro Raul (Maxuel). Técnico: Alberto Valentim.

Gols: Marcelo Benevenuto (2'/1T) e Pedro Raul (17'/2T)

Cartões amarelos: -
Cartões vemelhos: -






















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também