Com gol de Paquetá, Brasil vence o Peru e vai para mais uma final de Copa América

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O ritmo da Seleção Brasileira variou, mas a equipe conseguiu garantir sua vaga na final da Copa América. Após um primeiro tempo com muita velocidade, no qual saiu na frente com gol de Lucas Paquetá, a equipe oscilou sua marcação e acabou segurando a pressão, saindo de campo com a vitória por 1 a 0 sobre o Peru, nesta segunda-feira, no Nilton Santos. Agora, os comandados de Tite enfrentam o vencedor da semifinal entre Colômbia e Argentina, que se enfrentam no Mané Garrincha nesta terça-feira. A decisão da Copa América está marcada para este sábado, no Maracanã.

NOVO ÂNIMO

A opção de Tite por lançar Lucas Paquetá e Everton como titulares acentuou o ímpeto ofensivo da Seleção Brasileira. Segura na construção de jogadas, a equipe canarinha teve boas variações pelas pontas e acuou o adversário. Logo aos sete, Paquetá esticou e Richarlison driblou o goleiro mas, logo depois, perdeu o domínio. O "Pombo" ainda tentou o passe e Neymar, pressionado, errou.

GALLESE SALVA O QUANTO PODE

Achando caminhos para avançar, a Seleção não poupou Gallese. Casemiro encheu o pé e fez o goleiro defender em dois tempos uma cobrança de falta. Em seguida, foi a vez dele salvar uma tentativa rasteira de Everton. Em nova tentativa na frente, Casemiro chutou forte e Gallese saltou para evitar o gol.

Na sobra, o goleiro peruano se viu diante de um bombardeio. Paquetá cruzou e Richarlison encheu o pé, mas Gallese defendeu à queima-roupa. Neymar também tentou e parou no reflexo do camisa 1. Até ao sair de maneira atabalhoada e levar o drible de Richarlison, o peruano teve sorte: o "Pombo" se atrapalhou com os pés e cruzou para Neymar, que saltou, mas cometeu falta ao cabecear.

PAQUETÁ NA REDE!

Na nona chance (sétima na direção do gol), a Seleção Brasileira, enfim, balançou a rede. Depois de um cochilo peruano, Richarlison abriu caminho para Neymar descer pela esquerda. O camisa 10 se desvencilhou de dois adversários e serviu Lucas Paquetá, que mandou para a rede. Foi o segundo gol do camisa 17 na Copa América. O placar quase foi ampliado em finalizações de Paquetá e Renan Lodi, mas a bola passou próximo à trave.

NÃO DORME NO PONTO...

Os ânimos da Seleção Brasileira ficaram arrefecidos na volta do intervalo. O Peru, que se restringira a lampejos de Cueva na etapa inicial, ganhou formação mais ofensiva com as entradas de García e López e encontrou espaços. Lapadula driblou Thiago Silva e finalizou rasteiro, obrigando Ederson a intervir. Em seguida, García teve duas chances. Na primeira, bateu rente à trave. Logo depois, arriscou e a bola quicou de maneira traiçoeira, obrigando Ederson a fazer malabarismo para salvar.

DIFÍCIL DE ENGATAR

Os comandados de Tite tentaram encontrar brechas em contra-ataques puxados por Neymar. No entanto, faltava fôlego para a equipe encontrar jogadas diante de uma equipe peruana que se lançou de vez ao ataque. Nos melhores momentos, o camisa 10 encheu o pé, mas a bola passou longe do gol. Além disto, um cruzamento de Renan Lodi assustou Gallese.

DO SUSTO AO ALÍVIO

Enquanto isto, o Peru continuava a rondar a área brasileira. Em cobrança de falta, Callens subiu livre diante de Ederson, mas sua cabeçada passou rente à trave. A equipe de Ricardo Gareca ainda tentou investidas com Tapia e Lapadula. Mas o Brasil, superando desgaste e jogo com gramado ruim, assegurou sua vaga na decisão.

FICHA TÉCNICA

BRASIL x PERU

Data-Hora
: 05-07-21 - 20h
Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)
VAR: Delis Lopez (PAR)

Gol: Lucas Paquetá, 34/1T (1-0)

Cartões amarelos: Vinicius Júnior (BRA), López, Yotún (PER)

BRASIL: Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi (Éder Militão, 38/2T) ; Casemiro, Fred (Fabinho, 38/2t) e Lucas Paquetá; Everton Cebolinha (Everton Ribeiro, 24/2T), Neymar e Richarlison (Vinicius Júnior, 38/2T). Técnico: Tite

PERU: Gallese; Corzo, Santamaría, Christian Ramos (García, intervalo), Callens e Trauco (López, intervalo); Tapia (Távara, 44/2T), Yotún, Peña e Cueva (Ormeño, 35/2T); Lapadula. Técnico: Ricardo Gareca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos