Com gol no último minuto, Vasco vence o Vitória pela Copa BR sub-20

Hugo Mirandela
Atacante, de apenas 17 anos, está com 16 gols nesta temporada. É o jogador cruz-maltino que mais fez gols em 2017 levando em conta todas as categorias, inclusive os profissionais

O Vasco saiu na frente do Vitória nas quartas de final da Copa do Brasil sub-20. O Cruz-Maltino foi melhor durante toda a partida, mas o gol da vitória por 2 a 1 só saiu no último minuto, de pênalti. O nome do jogo foi o atacante Paulo Vitor, que fez os dois gols e ainda criou muito perigo para os adversários. Flavio, também cobrando uma penalidade, balançou a rede pelo rubro-negro baiano.

Com o resultado, o Vasco tem a vantagem na partida de volta para avançar à semifinal. O segundo jogo acontece na próxima quarta-feira, em Salvador.

A novidade na escalação foi a entrada do atacante Paulinho, autor do gol do título da Taça Guanabara contra o Fluminense, no último domingo. Ele entrou na vaga Mateus Vital, que foi integrado aos profissionais.

A partida começou truncada, com muita marcação dos dois lados. Aos poucos, empurrado pela torcida, o Vasco foi ditando o ritmo do duelo e criando as primeiras oportunidades de gol. Aos 12 minutos, Rafael França cruzou e Paulo Vitor cabeceou para defesa do goleiro Lucas. O camisa 1 do Vitória ainda trabalhou bem em chutes de Bruno Codensey.

Aos 30, o Cruz-Maltino quase marcou com Paulo Vitor. O atacante recebeu em velocidade pela esquerda, limpou o marcador e chutou, mas a bola bateu na trave esquerda. De tanto pressionar, o Vasco chegou ao gol oito minutos depois. Paulinho fez grande jogada pela direita e cruzou. Robinho escorou de cabeça, o goleiro defendeu e no rebote Paulo Vitor chutou para balançar a rede e abrir o placar.

Atrás no placar, o Vitória voltou para o segundo tempo mais presente no ataque. No entanto, eram os donos da casa que chegavam com perigo. Aos cinco, o Vasco chegou evolvente ao ataque e após boa troca de passes, Andrey arriscou para o gol, mas parou no goleiro. Lucas fez grande defesa logo depois em chutaço de fora de Cosendey.

No entanto, o time baiano assustava nos contra-ataques e nas bolas paradas. Após bola lançada na área, a árbitra marcou toque de mão de Ricardo e deu pênalti para o Vitória aos 19. Com tranquilidade, Flavio bateu sem chances para João Pedro.

O Vasco sentiu um pouco o gol e já não conseguiu mais comandar tantos as ações. Com o passar do tempo, a equipe do técnico Marcus Alexandre voltou a assustar. Aos 26, Luan cobrou falta no ângulo e Lucas espalmou para escanteio. Paulo Vitor assustou 10 minutos depois. Ele girou na entrada da área e bateu forte para mais uma defesa do goleiro baiano.

O Cruz-Maltino era só pressão no fim e conseguiu o gol da vitória no último minuto. Em bate-rebate na área, a árbitra assinalou pênalti para o Vasco. Paulo Vitor cobrou com categoria no canto direito do goleiro e garantiu o triunfo e a vantagem.















E MAIS: