Com gol de jovem de 14 anos, Palmeiras vence Bahia no sub-17

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


Na tarde desta terça-feira (10), em Guarulhos, o Palmeiras sub-17 bateu o Bahia por 3 a 1, em jogo válido pelo Brasileirão da categoria. Os gols foram marcados por Pablo Ruan, sobrevivente da tragédia que vitimou vários jovens talentos no Ninho do Urubu, Yago Santos e Endrick, este último de apenas 14 anos. A partida finalizou a primeira fase da competição nacional e o próximo adversário do Verdão, nas quartas de final, será o Flamengo.

Classificado com a primeira colocação geral, o Palmeiras vê surgir uma geração que pulou etapas e que esbanja capacidade. Endrick vem somando títulos do Campeonato Paulista a cada vez que sobe de categoria. Em 2017, o atleta foi campeão do Sub-11; em 2018, levantou o Sub-13; já em 2019, foi a vez de conquistar o Sub-15.

Em 2020, o jovem foi promovido ao sub-17 junto com o também atacante Luis Guilherme, mesmo com ambos tendo idade para atuar no sub-15 (geração 06). O motivo, além do potencial explosivo, é por conta da paralisação da categoria sub-15, que ficou completamente sem calendário em virtude da pandemia de Covid-19.


Atacante versátil, joga como camisa 9 e também aberto na ponta direita. Explosão, boa pontaria e uma habilidade acima da média são as marcas principais dele. Fisicamente, mesmo com 14 anos, consegue atuar na categoria sub-17 e é uma das maiores promessas que a Academia de Futebol prepara para o futuro.