Com gol de Gabriel Jesus, Manchester City elimina Arsenal da Taça da Liga Inglesa

·2 minuto de leitura
Gabriel Jesus comemora gol marcado pelo Manchester City sobre o Arsenal, pela Copa da Liga Inglesa

O Manchester City, atual tricampeão da Taça da Liga Inglesa, goleou por 4 a 1 o Arsenal, que acabou eliminado da competição nesta terça-feira.

Jogando em Londres, o City abriu o placar através do atacante brasileiro Gabriel Jesus (3), com o argelino Riyad Mahrez (54), Phil Foden (59) e do francês Aymeric Laporte (73) ampliando. Já o francês Alexandre Lacazette (31) descontou para os donos da casa.

Com este resultado, a equipe da cidade de Manchester avança para a semifinal da competição, enquanto o técnico do Arsenal, Mikel Arteta, começa a balançar no cargo, após mais uma atuação fraca da equipe, que no Campeonato Inglês ocupa a 15ª posição, a quatro pontos do primeiro time na zona de rebaixamento (Fulham, 18º).

Na outra partida das quartas de final da Copa da Liga Inglesa disputada nesta terça-feira, o Brentford, atual quarto colocado no Campeonato da Segunda Divisão, chegou à semifinal pela primeira vez ao vencer o Newcastle por 1 a 0.

O único gol da partida foi marcado por Josh Dasilva no segundo tempo do confronto disputado nos arredores de Londres.

Assim, a equipe comandada por Thomas Frank consolida-se como o 'bicho-papão' dos grandes da competição, após ter eliminado o West Bromwich Albion, o Southampton e o Fulham, todos eles da Premier League.

Na quarta-feira, Everton e Manchester United e Stoke e Tottenham fazem os outros jogos das quartas.

Você tem que voltar a 26 de outubro de 2016 para encontrar uma eliminação do City nesta competição. O empate foi de 1 a 0 nas oitavas de final em Old Trafford, contra o último campeão dessa edição, o Manchester United. Desde então, além de uma derrota por 1 a 0 sem consequências na segunda mão das semifinais na temporada passada, também contra o United, depois de ter vencido por 3 a 1 na primeira mão, os 'Cidadãos' estão intratáveis na Copa da liga. Portanto, não é de se admirar que o deprimido Arsenal desta temporada tenha sido um brinquedo quebrado nas mãos das estrelas do City. Nesta competição, que oferece um caminho rápido às competições europeias, o Arteta devolveu o título ao alemão Shkodran Mustafi na defesa, e ao guarda-redes Alex Runarsson por baixo de varas. Duas decisões que se revelaram erradas com os dois jogadores com grande parcela de responsabilidade em

smg/iga/dr