Com futuro indefinido no Vasco, Danilo Barcelos avalia 'melhor ano' e disputa com Henrique

Felippe Rocha e Luiza Sá
LANCE!
Daniel Barcelos vai vestir a camisa do Botafogo em 2020 (Foto: Andre Melo Andrade/AM Press)
Daniel Barcelos vai vestir a camisa do Botafogo em 2020 (Foto: Andre Melo Andrade/AM Press)


O Vasco ainda está no processo de traçar o planejamento para 2020. Uma das situações indefinidas é a do lateral-esquerdo Danilo Barcelos, que estava emprestado pelo Atlético-MG até o final deste ano. De férias, o jogador ainda aguarda as conversas entre os clubes para resolver qual será o destino no próximo ano. Ele manifestou o interesse em permanecer em São Januário.

- Terminamos um ano muito bacana, fiquei feliz em vestir a camisa do Vasco e pretendo continuar se for da vontade de Deus. Se não for, tem a oportunidade de voltar para o Atlético. Tenho muita coisa para mostrar também. Estamos aguardando, meu empresário está resolvendo. Tenho mais um ano de contrato com o Atlético e já falei que se for para voltar estou pronto. Nas férias eu deixo tudo nas mãos de Deus. Espero que dê tudo certo. Estou muito feliz com o ano que tivemos. Se for para um outro clube, também estou pronto - disse, ao L!.


Durante 2019, Danilo disputou posição com Henrique. Os dois alternaram na titularidade, mas foi o jovem criado pelo Vasco que terminou o ano sendo o escolhido de Vanderlei Luxemburgo para a posição. O lateral avaliou a competição no setor e viu como normal a alternância.

- Não tenho nenhum problema quanto a isso. Tive a oportunidade de falar durante o ano, o Henrique é um grande jogador e mereceu as oportunidades dele. Em alguns momentos eu estava melhor e joguei, alguns eu estava mal e fiquei fora. Na reta final o Luxemburgo optou por ele. Tranquilo. O Vasco fez um grande ano, isso que importa. A troca de atletas é normal, até para tentar algo novo. A primeira vez que saí o time estava muito mal, tínhamos alguns desfalques também, acho que foi justa a troca. Depois eu voltei, entendo que estava melhor naquele momento e me mantive. Depois o Luxa mudou de novo - contou.

Conhecido pelas boas bolas paradas, Danilo Barcelos terminou 2019 com 42 partidas e cinco gols. Aos 28 anos, o jogador chegou a liderar algumas estatísticas no Vasco, mesmo no banco. A lateral-esquerda é vista como uma das possíveis necessidades do Cruz-Maltino no ano. Isso porque, além da situação com Danilo, alguns jovens da base ainda podem ser opção.

- Avalio como positivo. Foi um ano difícil em todos os aspectos, mas o melhor da minha carreira por atuar praticamente todo tempo na lateral esquerda. Nas outras temporadas eu vinha mudando de posição por característica. Em 2019 consegui me firmar na lateral de um clube gigante, que fez um belo trabalho durante todo ano. No Carioca, nas primeiras fases da Copa do Brasil e no Brasileiro, acho que fizemos um trabalho consistente. Acho normal oscilar pela dificuldade do campeonato e a quantidade de jogos no ano. Acho que foi positivo e fico feliz pelo ano que fez. Espero dar continuidade ou voltar um dia. Tive outros anos melhores em questão de números, 2016 no América-MG foi alto e fora da curva. Mas considero esse um dos melhores da minha carreira - completou.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também