Rodriguinho resolve 'problemas' do Corinthians

Guilherme Amaro
LANCE!

Na semifinal do Paulistão, o Corinthians precisava de pelo menos um gol para levar a disputa contra o São Paulo para os pênaltis. O Timão não conseguiu uma boa atuação na Arena, mas não se assustou e viu Rodriguinho marcar de cabeça já nos acréscimos.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Na final, o Corinthians novamente perdeu o duelo de ida por 1 a 0 e precisava de ao menos um gol sobre o Palmeiras, no Allianz Parque. Logo no primeiro minuto, Rodriguinho marcou, e o Timão levou o título nos pênaltis.

Na estreia do Brasileirão, o Fluminense era melhor no segundo tempo após empatar a partida. Mas novamente Rodriguinho apareceu, aos 40 minutos do segundo tempo, para marcar o gol da vitória.

Os três exemplos mostram a frieza que o Corinthians tem para reverter as adversidades. E também como Rodriguinho tem sido decisivo para a equipe.

O Corinthians não se assusta. Como o técnico Fábio Carille costuma dizer, o Timão "sabe sofrer". Mesmo pressionada, a equipe tem frieza para buscar as jogadas e consegue marcar os gols necessários.

Carille também gosta de dizer que isso é fruto do trabalho, porque todos os jogadores sabem o que fazer em campo, independentemente das situações da partida. Até agora, tem dado certo: o Timão conquistou o Paulistão, estreou com vitória no Brasileirão e lidera o Grupo 7 da Libertadores. Tudo isso graças à frieza da equipe e a Rodriguinho.

E MAIS:

E MAIS:

Leia também