Com formato diferente, Rosário (ARG) recebe terceira etapa do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia

Competição na cidade argentina terá apenas oito duplas de cada gênero. Brasil lidera os rankings

A Argentina é o destino do vôlei de praia neste fim de semana. A partir desta sexta-feira, acontece a terceira etapa do Circuito Sul-Americano na temporada 2017 e Rosário (ARG) será a sede das disputas. Mas, desta vez a competição diferente. No lugar das 16 duplas em cada gênero, apenas oito entrarão em ação na cidade argentina, em um formato novo. O Brasil contará com uma dupla masculina e outra feminina.

Em cada naipe a disputa será semelhante, com as oito equipes divididas em dois grupos de quatro duplas. Entre as mulheres o Brasil terá Ângela/Val (DF/RJ) como representante. Ainda participam da disputa Ana Gallay/Geogina Klug (ARG), atuais campeãs Pan-Americanas, em Toronto-2015, que chegam como favoritas. Também estarão presentes times do Peru, Uruguai, Paraguai, Chile, Colômbia e Venezuela.

No torneio masculino Oscar/Hevaldo (RJ/CE) é a dupla brasileira que buscará uma medalha. Eles estiveram na segunda parada, realizada em Ancón (PER) no último fim de semana, quando levaram o bronze. A competição contará com os primos chilenos Marco e Esteban Grimalt, presentes na Rio-2016, Capogrosso/Azaad (ARG), equipe campeã na etapa peruana, além de representantes Uruguai, Paraguai, Colômbia, Venezuela e Peru.

O Brasil lidera o ranking em ambos os naipes nesta temporada. Com dois ouros, é o primeiro colocado no feminino com 400 pontos, seguido do Paraguai, que tem 340. Já entre os homens o país divide a primeira posição com o Chile - ambos com 360. O ranking do Circuito Sul-Americano é feito apenas para os países, contando a pontuação da dupla mais bem colocada das nações em cada parada. Os campeões de cada torneio somam 200 pontos, o vice, 180, o terceiro colocado, 160, reduzindo 20 pontos em cada posição seguinte.





E MAIS: