Com folga no placar, Flamengo espera 15 mil torcedores contra o Olimpia

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em novo encontro com a sua torcida, o Flamengo terá as arquibancadas mais cheias, nesta quarta-feira (18), às 19h15, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), para enfrentar o Olimpia (PAR), pelas quartas de final da Libertadores.

Com 30% do estádio liberado, o clube já havia vendido 10 mil ingressos até a manhã desta terça (17). A expectativa é que pelo menos 15 mil entradas sejam comercializadas.

No jogo diante do Defensa y Justicia (ARG), na fase anterior do torneio, cerca de 5.500 rubro-negros compareceram ao estádio da capital federal. A falta de tempo hábil para a realização do exame para covid-19 e o alto custo para ver o jogo foram apontados como vilões.

O Flamengo tem uma grande vantagem na disputa contra o Olimpia por ter vencido a partida de ida, no Paraguai, por 4 a 1. O time rubro negro pode perder até por dois gols de diferença para avançar às semifinais da Libertadores.

Se perder por 3 a 0, também se classifica por causa dos gols como visitante, que fazem parte do critério de desempate. No entanto, uma derrota por 4 a 1 leva a disputa para os pênaltis.

O Flamengo terá alguns desfalques para a partida. Rodrigo Caio está fazendo fortalecimento muscular, enquanto Thiago Maia e Gustavo Henrique foram diagnosticados com Covid-19. A última baixa do técnico Renato Gaúcho é o lateral Isla, com uma lesão muscular.

O Flamengo deve ir a campo com a seguinte formação: Diego Alves; Matheuzinho, Bruno Viana, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol.

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília (DF)

Horário: 19h15 (de Brasília) desta quarta-feira (18)

Juiz: Jesús Valenzuela (VEN)

VAR: John Ospina (COL)

Transmissão: Fox Sports

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos