Com festa da torcida, Palmeiras embarca para final da Libertadores

·1 min de leitura


Contagiando os jogadores que estavam dentro do ônibus, Breno Lopes, autor do gol do título de 2020, Gustavo Scarpa e Felipe Melo apareceram na frente do transporte para saudar a torcida, que cantava o hino do clube, palavras de apoio e cânticos tradicionais da arquibancada. Com as grades de isolamento rompidas pelos adeptos, a massa alviverde se misturou com os funcionários e atletas da categorias de base que cotejavam o deslocamento dos jogadores.

– Momento único, né? Ganhamos a Libertadores na temporada passada, mas, por conta da pandemia, tudo meio restrito. Hoje, sentir o calor da torcida e dos funcionários, demonstra o “Todos Somos Um!”. Estou muito feliz – contou Raphael Veiga em entrevista à TV Palmeiras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos