Com estratégia diferente em relação a 2019, Flamengo mantém-se atento ao mercado por reforços em 2020

Pedro Rocha chega ao Flamengo por empréstimo até o final da temporada (Foto: Reprodução/Twitter)
Pedro Rocha chega ao Flamengo por empréstimo até o final da temporada (Foto: Reprodução/Twitter)


O ano de 2020 chegou e a diretoria do Flamengo segue atenta ao mercado em busca de reforços para o time da Gávea. Assim como nos primeiros dias de 2019, a Nação aguarda por novas contratações - Pedro Rocha foi o primeiro confirmado -, contudo, o cenário mudou em relação à última temporada.

Se no ano passado o Flamengo abriu os cofres para trazer Rodrigo Caio, Bruno Henrique e Arrascaeta (Gabigol foi emprestado pela Inter de Milão sem custos), a estratégia rubro-negra para 2020 é diferente. O clube mira em negociações sem custos, e a mudança na "estratégia" ocorre de forma natural após o investimento na formação do elenco superar os R$ 200 milhões em 2019.

Pedro Rocha foi o primeiro reforço a ser confirmado e chega por empréstimo até o fim de 2020 junto ao Spartak de Moscou, da Rússia. Gustavo Henrique, com contrato com o Santos encerrando em janeiro, também tem situação encaminhada e também assinará contrato sem custos ao clube da Gávea.

Outros dois atletas que estão na mira do Flamengo são o atacante Pedro, da Fiorentina, e o volante Thiago Maia. Nos dois casos, a diretoria rubro-negra negocia os respectivos empréstimos até o encerramento do ano de 2020.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também