Com dois gols, Raniel dá a vitória ao Santos

LUÍS ANDRÉ ROSA
Folhapress

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - "Depois de marcar dois gols, não tem como não dizer que não estou adaptado [ao novo posicionamento]", disse Raniel, sorridente, ao se dirigir para o túnel do vestiário, ao final do primeiro tempo, sendo ovacionado pelos torcedores.

Esse foi o jogador que aproveitou a segunda chance como titular, anotou os gols, no 2 a 0 sobre a Internacional de Limeira, e deu a primeira vitória a Jesualdo Ferreira na Vila Belmiro.

O segundo trinfo seguido deixa o Santos líder do Grupo, com sete pontos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Para ter um time com mais fôlego, o comandante mesclou a escalação. Foram poupados os volante Alison e Carlos Sánchez. No ataque, Eduardo Sasha, que poderia ter feito a sua partida número 100, também ficou como opção na reserva.

Os escolhidos para as posições, respectivamente, foram Jobson, Evandro e Uribe, que sofreu com as vaias dos torcedores logo nos primeiros minutos de jogo.

De volta à casa onde foi ídolo, o ex-meia Elano, técnico da Inter de Limeira, quis usar a sua experiência para tentar a segunda vitória seguida como visitante, já que a equipe derrotou o Red Bull Bragantino, por 1 a 0, na rodada anterior.

Só que o Santos foi muito agressivo e não deixou o adversário sequer usar o contragolpe. Posicionado aberto pela esquerda e não fixo como centroavante, Raniel mostrou versatilidade.

Foi dessa maneira, aos 23min, em uma corrida da esquerda para a o meio, que ele deu pancada de fora da área e acertou o ângulo esquerdo do goleiro Rafel Pin.

O segundo gol, aos 45min, foi estilo centroavante. Após o desvio na cobrança de escanteio na pequena área, Raniel ampliou.

Na etapa final, o que mais chamou a atenção do torcedor, além da falta de poder de fogo do Santos, foi a estreia do garoto Reyner.

Com a camisa 43, o atacante superou as marcas de Robinho, Neymar, Gabigol e Rodrygo e se tornou o jogador mais novo a estrear pelo profissional do Santos. Ele tem apenas 16 anos, seis meses e 18 dias.

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Juiz: Vinícius Gonçalves Dias Araújo

Assistentes: Leandro Matos Feitosa e Risser Jarussi Corrêa

Gols: Raniel, aos 23 e aos 45 do 1º tempo

Cartões amarelos: Matheus Neris e Geovane

SANTOS

Everson; Pará, Luan Peres, Luiz Felipe e Felipe Jonatan (Sánchez); Jobson, Diego Pituca e Evandro (Alison); Tailson (Renyer), Raniel e Uribe. T.: Jesualdo Ferreira

INTER DE LIMEIRA

Rafael Pin; Roger Bernardo, João Vitor, Oliveira e Jonathan (Balardin); Matheus Neris (Murilo Rangel), Marquinhos e Geovane; Lucas Braga, Airton (Tcharlles) e Thomaz. T.: Elano Blumer

Leia também