Com dois casos de COVID-19 confirmados, Cruzeiro realiza novos testes na Toca da Raposa II

Valinor Conteúdo
LANCE!


O Cruzeiro está reforçando o cerco a possíveis novos casos de coronavírus no elenco, após a confirmação de dois casos de jogadores. O volante Jean e o atacante Vinícius Popó foram diagnosticados com a COVID-19 e foram afastados do elenco cruzeirense, para ficarem em isolamento social.

A dupla está assintomática e não apresenta nenhuma alteração no quadro de saúde. Todavia, como é importante para evitar que o vírus se espalhe, eles estão fora de contato com os demais jogadores do clube.

Pelos casos recentes e para continuar a seguir o protocolo de segurança estabelecido pelo departamento médico do Cruzeiro, o clube realizou mais uma bateria de exames para a detecção da COVID-19 na manhã desta quarta-feira, na Toca da Raposa 2.

Foram testados jogadores, comissão técnica e os demais colaboradores em frente aos campos 3 e 4 do centro de treinamentos do futebol profissional cinco estrelas.

Antes das atividades, os atletas fizeram exames de sangue e após o treino se submeteram a testes com a coleta de fluidos através de um cotonete inserido no nariz e na boca.








Os exames, que acontecerão periodicamente na Toca 2, são conduzidos pelo Cruzeiro em parceria com a Axial Medicina Diagnóstica.

O médico do clube Sérgio Campolina comentou sobre a nova etapa de testes e a importância da adoção de todos os métodos de segurança pelos profissionais da Raposa para que as atividades sejam realizadas com o máximo de segurança possível.

-Dando sequência aos cuidados diante da pandemia, hoje está sendo realizada a segunda série de exames laboratoriais em atletas, membros da comissão e staff do clube. Basicamente estão sendo monitorados não só a PCR (Proteína C Reativa), mas também a presença ou não das imunoglobulinas. Vale lembrar que o papel de todos está sendo muito importante, afinal o questionário está sendo fielmente preenchido diariamente por todos membros do clube e com isso a gente consegue trazer um pouco de segurança para a nossa rotina de treinamentos- disse ele.

-Felizmente não tivemos nenhum caso sintomático relevante, apenas um atleta que realmente relatou o exame positivo, mas assintomático, e está se recuperando muito bem. É uma realidade que deve se repetir em outras situações, mas o que importa saber é que esses atletas não geram riscos aos demais, porque os cuidados estão sendo feitos e é interessante para o desenvolvimento da imunização. Felizmente todo o protocolo está sendo bastante proveitoso e esperamos que, com isso, a gente consiga voltar sim às atividades sem riscos-finalizou.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também