Com direito a gol de Messi, Argentina derrota Uruguai pelas Eliminatórias

·2 minuto de leitura
Lance da partida entre Argentina e Uruguai, plea 5ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo 2022 (AFP/Juan Mabromata)

A Argentina venceu com autoridade o Uruguai por 3 a 0, neste domingo, pela 5ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022.

Diante dos cerca de 35 mil torcedores que foram ao estádio Monumental, na capital Buenos Aires, os anfitriões abriram o placar com um gol de Messi, que tentou dar um passe para Nico González na área adversária, que atrapalhando o goleiro uruguaio e a bola acabou entrando sozinha (no minuto 38).

Pouco depois, os donos da casa ampliaram com Rodrigo De Paul, que aproveitou uma sobra dentro da área dos visitantes e só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Já no segundo tempo, o terceiro gol começou a ser construído a partir de jogada de Messi, que fez uma inversão para De Paul cruzar na sequência e Lautaro completar com perfeição.

Com este resultado, a seleção argentina segue na segunda posição da tabela com 22 pontos, seis a menos que o Brasil, que ficou no empate sem gols com a Colômbia. Já os uruguaios estão em quarto, fechando a zona de classificação direta para o Mundial no Catar, com 16 unidades, uma a mais que os colombianos.

Na sequência das eliminatórias, na próxima quinta-feira (14), a Argentina volta a jogar em casa e desta vez recebe a seleção peruana, enquanto a equipe uruguaia vai a Manaus encarar o Brasil.

Os quatro primeiros colocados nas eliminatórias garantem vaga para a Copa do Mundo, enquanto o quinto lugar disputa um mata-mata (ida e volta) contra a seleção de outro continente ainda não definido pela Fifa.

- Ficha técnica da partida válida pela 5ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022:

Argentina - Uruguai 3 - 0 (2-0)

Local: estádio Monumental (Buenos Aires, Argentina)

Árbitro: Roberto Tobar (CHI)

Gols:

Argentina: Messi (38), De Paul (44), Martínez (62)

Equipes:

Argentina: Damián Martínez - Nahuel Molina, Cristian Romero, Nicolás Otamendi (Facundo Medina 81), Nicolás Tagliafico - Nicolás González (Julián Álvarez 75), Leandro Paredes (Exequiel Palacios 75), Lionel Messi, Rodrigo De Paul (Ángel Di María 65), Giovani Lo Celso - Lautaro Martínez (Joaquín Correa 65). T: Lionel Scaloni.

Uruguai: Fernando Muslera - Nahitán Nández (Lucas Torreira 63), Diego Godín, Sebastián Coates, Ronald Araújo (Giovanni González 73), Matías Vecino, Matías Viña (Joaquín Piquerez 63) - Nicolás De La Cruz (Edinson Cavani 46), Brian Rodríguez (Darwin Nuñez 46), Federico Valverde, Luis Suárez. T: Oscar Tabárez.

dm/ma/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos