Com Diego Alves e Hugo à disposição, dúvidas do Flamengo começam no gol

LANCE!
·2 minuto de leitura


Em seus três meses dirigindo o Flamengo, Domènec Torrent já acostumou-se a conviver com desfalques - seja por lesão, suspensão ou convocação - e também a encontrar soluções dentro do elenco. Para a partida contra o Athletico, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, não é que o técnico não tenha ausências, mas as dúvidas no time começam por um problema bom: Diego Alves está à disposição e, recuperado de lesões, volta a "brigar" pela vaga com Hugo Souza.

Aos 21 anos, Neneca aproveitou a brecha e foi muito bem em sua primeira sequência como titular na equipe principal do Flamengo. As apresentações fizeram o camisa 45 saltar de quarta para a segunda opção para a meta do Fla, superando César e Gabriel, de 28 e 22 anos, também formados no Ninho do Urubu. Hoje, Hugo Souza já é o goleiro que mais atuou com Domènec Torrent.

Diego Alves, por sua vez, tem a seu favor a experiência e a liderança no vestiário. Além disso, não perdeu a titularidade por uma questão técnica. Primeiro, em 30 de agosto, sofreu uma lesão no ombro direito; depois foi diagnosticado com Covid-19; e, por fim, teve uma lesão no joelho direito.

Desde o começo deste período, houve uma oportunidade quando Dome Torrent teve Diego Alves e Hugo Souza à disposição. Foi contra o Goiás, em 13 de outubro, e o treinador espanhol manteve o experiente camisa 1 entre os reservas. Logo depois, Diego Alves sofreu a lesão no joelho direito, a qual o afastou dos últimos quatro jogos. Na segunda, se juntou ao grupo em POA.

A partir da meta, as dúvidas também são muitas. Afinal, o Flamengo segue com três partidas por semana - seja por Libertadores, Copa do Brasil ou Brasileirão -, e o técnico Dome, além da possibilidade de preservar atletas com desgaste físico, tem cinco desfalques: Rodrigo Caio, Arrascaeta, Diego, Ramon e Gabigol.

Os números dos goleiros do Flamengo com Dome Torrent (Via SofaScore):

HUGO SOUZA (810 minutos com Dome)

- 9 jogos como titular (oito pelo Brasileirão e um pela Libertadores)
- 8 gols sofridos
- 2 jogos sem sofrer gol
(Flamengo 3x0 Sport e Flamengo 4x0 Del Valle)
- 3,71 defesas por jogo em média

DIEGO ALVES (417 minutos com Dome)
- 5 jogos como titular (todos pelo Brasileirão)
- 6 gols sofridos
- 1 jogo sem sofrer gol (Santos 0x1 Flamengo)
- 3 defesas por jogo em média

CÉSAR (481 minutos com Dome)
- 5 jogos como titular e 2 como reserva
(três pela Libertadores e quatro pelo Brasileirão)
- 9 gols sofridos
- 2 jogos sem sofrer gols (Coritiba 0x1 Flamengo e Santos 0x1 Flamengo)
- 2,17 defesas por jogo em média

GABRIEL BATISTA (270 minutos com Dome)
- 3 jogos como titular
(todos pelo Brasileirão)
- 5 gols sofridos
- Nenhum jogo sem sofrer gol
​- 2 defesas por jogo em média