Com desfalques e aposta em Barrios e Bolaños, Grêmio estreia na Libertadores

O Grêmio não terá força total em sua estreia na Libertadores, nesta quinta-feira (9), às 19h30 (de Brasília, contra o Zamora, na Venezuela. Sem Geromel, Maicon e Edílson, importantes peças na defesa e no meio-campo, o Tricolor aposta em Barrios, recém-contratado, e Bolaños, para iniciar busca pelo tri da Libertadores.

Ainda sem confirmação que será titular, o ex-atacante do Palmeiras briga por posição com Pedro Rocha, mas sua entrada no time parece questão de tempo, visto que Renato Gaúcho gosta de jogar com um camisa 9. O técnico do time rival, Francesco Stifano, apontou o time gaúcho como favorito.

"Nos preparamos bem para enfrentar a Libertadores. Mas claro que o Grêmio é o favorito. Já foi campeão, é uma equipe que terminou bem o ano passado e trouxe jogadores importantes, como Léo Moura e Lucas Barrios. Conhecemos bem o Grêmio, com Maicon, Pedro Rocha, Fernandinho, Everton, Luan. Estamos cuidando há tempos, vendo o Gauchão", declarou Francesco Stifano, técnico do Zamora.

Bolaños e Barrios - Grêmio

(Foto: Grêmio/Divulgação)

VEJA TAMBÉM:
Todos os gols de Ney em 2016/17 | CR7 perdeu milagre do Barça | Piqué aposta em bebês

A dupla de gringos será a esperança da equipe na competição continental. Mas após as dificuldades do ano passado, em balanças as redes, Bolaños e Barrios são os "fazedores de gols" que a direção buscava. Ambos devem, na ausência de Douglas, dividir a responsabilidade no ataque gremista.

A expectativa para a sequência do ano é boa e a primeira viagem longa do ano, teve uma curiosidade. Os dois gringos sentaram na mesma fileira do avião fretado na viagem para a Venezuela, com Barrios cedendo wi-fi do próprio celular para os companheiros nas paradas sem internet e de acordo com a Zero Hora, ambos são vistos constantemente juntos, conversando. A sintonia precisa, agora, dar frutos dentro de campo.

Grêmio Internacional 04032017

(Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação)

Um dia antes de embarcar, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, decretou:"Quem tem Bolaños, tem 1 a 0". O equatoriano, que sofreu lesão na mandíbula no ano passado, tem, de fato, sido o melhor do Grêmio neste início de temporada.

O jogador prefere jogar como meia-atacante, se aproximando, entrando na área e finalizando, algo que tem tudo para se complementar com o estilo de Barrios, que joga dentro da área e precisa de um atleta como Bolaños para serví-lo.

"O Barrios praticamente chegou pronto. Não vinha jogando todos os jogos, mas estava à disposição. Não precisou aperfeiçoar a parte física, já veio bem nas condições do grupo, pronto para começar ou entrar (no segundo tempo). É um jogador experiente e vai nos ajudar', disse Renato Gaúcho, na terça-feira (7) ainda.

A escalação provável do Grêmio deve ter Marcelo Grohe; Léo Moura, Rafael Thyere, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel, Jailson, Ramiro, Bolaños, Luan e Barrios.