Luxemburgo dispara após derrota do Cruzeiro: 'Vergonhoso para todos nós'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Cruzeiro entrou em campo contra o Vitória, na noite desse domingo, no Barradão, pela Série B do Brasileirão com uma tranquilidade pouco vista durante toda a competição: sem risco de queda para a terceira divisão do futebol nacional. Com tanta serenidade a Raposa sofreu uma goleada, por 3 a 0, com placar definido ainda na etapa inicial.


Após o revés, o técnico Vanderlei Luxemburgo disse que esperava um time com alguma queda de rendimento, mas ficou assustado com tanta falta de qualidade em campo.

- Eu esperava que tivesse uma queda de rendimento em função da manutenção na Série B, mas não da maneira que foi. Temos que melhorar a postura, foi vergonhoso para todos nós. Temos que jogar os dois finais e começar a preparar a temporada seguinte, esperamos um Cruzeiro diferente, mas pensamos em jogadores que buscam a Primeira Divisão e é isso que vamos buscar para a próxima temporada - salientou.

Questionado sobre como buscar motivação nos jogadores já que a Raposa não quer mais nada dentro da competição, Luxemburgo garantiu que o simples fato de vestir as cores do Cruzeiro já é suficiente.

- Já estamos projetando 2022, a analise foi feita desde o primeiro dia que eu cheguei. O pensamento era levar o time para a primeira divisão e se não conseguisse era seguir com o trabalho. A motivação é o orgulho de vestir essa camisa, é nobre, a história é bonita, isso já é motivação. Só isso já basta para entrar em campo motivado - finalizou.

O Cruzeiro está na 11ª colocação da Série B do Brasileirão, com 46 pontos conquistados, sem chances de acesso a primeira divisão, mas também sem possibilidades de cair.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos