Com demissões e mudanças, Santos amplia reformulação na base

·1 minuto de leitura


O Santos segue com o projeto de reformulação nas categorias de base. Depois da demissão de Aarão Alves e do seu irmão, André, do comando do Sub-20 (Rodrigo Chipp assumiu), o clube também fez trocas nas categorias Sub-17 e Sub-15. E não deve parar por aí.

Após a eliminação na primeira fase do Campeonato Brasileiro Sub-17, Elder Campos deixou o comando da equipe. O novo treinador será Gabriel Bussinger, ex-Avaí. Elder, no entanto, vai seguir no clube, mas como auxiliar de Rodrigo Chipp no Sub-20. Bruno Silva, ex-técnico do Sub-13, será o auxiliar de Bussinger.

Na categoria Sub-15, quem nem está com treinos presenciais, Flávio Antunes, o Flavinho, também não será mais o técnico, mas permanecerá no Santos. O novo treinador será Raphael Bahia.

Thiago Lima, que comandou o Santos no Paulista Sub-20 de 2020, será o novo auxiliar de Edinho na equipe Sub-23 na vaga que era de Rodrigo Chipp. Ele deverá ser o responsável por assinar as súmulas nas partidas da equipe, já que Edinho ainda não tem a licença para assinar como técnico.

Outra mudança foi a demissão do supervisor geral da base, Ricardo Occhiuto. Contratado em abril para voltar ao clube por indicação do ex-membro do CG José Renato Quaresma, Occhiuto chegou a viajar com a delegação profissional para a partida contra o The Strongest, na Bolívia, mas foi desligado por decisão administrativa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos