Com "coração partido”, Phelps lamenta momento de Biles: “Olimpíadas são muito pesadas”

·2 minuto de leitura
Phelps está em Tóquio como comentarista (Tim Clayton/Corbis via Getty Images)
Phelps está em Tóquio como comentarista (Tim Clayton/Corbis via Getty Images)

Michael Phelps conhece bem a pressão de uma Olimpíada. Maior vencedor da história dos Jogos, com 28 medalhas, sendo 23 de ouro, a lenda da natação já falou abertamente sobre os danos psicológicos que o esporte pode causar. Por isso, hoje, como comentarista, disse estar com "coração partido” pelo momento vivido por Simone Biles.

Grande nome da ginástica artística na atualidade, a norte-americana anunciou nesta quarta-feira que não disputará a final individual geral da Olimpíada de Tóquio após ser submetida a “avaliação médica”. Na terça, ela já havia desistido da decisão por equipes e admitido estar sofrendo com questões psicológicas.

Leia também:

“Isso partiu meu coração. Mas também, se você olhar bem para isso, a saúde mental é algo que as pessoas estão falando nos últimos 18 meses”, declarou Phelps na transmissão da NBC, rede norte-americana pela qual está comentando os Jogos.

O ex-nadador revelou em 2018 ter enfrentado uma depressão e chegou a se afastar do esporte para passar por tratamento psicológico. Ele relatou, inclusive, ter pensado em suicídio após a disputa da Olimpíada de Londres, em 2012.

Phelps disse ter superado estas questões apenas com a ajuda de profissionais e defendeu que os atletas recebam acompanhamento emocional, especialmente os que disputam um evento tão “pesado” quando uma Olimpíada.

“As Olimpíadas são muito pesadas. São muitas emoções envolvidas nisso. Posso falar sobre isso por uma hora. A maneira mais fácil de dizer isso é que acho que os atletas, e os atletas olímpicos de um modo geral, precisam de alguém em quem possam confiar. Alguém que possa nos deixar ser nós mesmos, ouvir e permitir que nos tornemos vulneráveis. Alguém que não vai tentar nos consertar”, apontou.

O norte-americano detalhou, ainda, o “peso” que tanto incomoda estes atletas. “Carregamos muitas coisas e muito peso nos ombros. É um desafio, especialmente quando temos as luzes sobre nós e todas as expectativas que estão sendo jogadas sobre nós.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos