Com a camisa 80, Victor Ramos é apresentado e projeta títulos

De olho no restante da temporada e sobretudo na Libertadores, quando volta a entrar em campo na próxima terça-feira, a Chapecoense permanece atenta ao mercado. Nesta quinta-feira, o Verdão do Oeste apresentou mais um reforço: o zagueiro Victor Ramos, que rescindiu com o Monterrey, do México, no início de fevereiro.

Ele chega para ser reforço da Chape até o fim desta temporada. Em suas primeiras palavras, o defensor de 27 anos projetou uma temporada de títulos no clube catarinense.

- Quando vou para um clube grande, como a Chapecoense, foi para fazer história e ganhar títulos - comentou Victor, que usará a camisa de número 80 em alusão a sua avó, dona Maria Elísia, que completou esta idade em fevereiro.

Victor Ramos também comentou do acolhimento que a cidade de Chapecó lhe deu e agradeceu à diretoria por esperar tantos meses para, enfim, selar um acordo.

- Estou muito feliz pelo acerto com a Chape e agradeço a diretoria pelo esforço que fez. É um clube com uma torcida maravilhosa, com uma estrutura fantástica. A cidade é uma das mais lindas que já conheci. Vai ser uma honra participar deste projeto do clube em um ano muito intenso, com grandes competições. Vou me dedicar ao máximo para ajudar dentro e fora de campo - comentou.

- Agradeço a todos o esforço, à cidade que me acolheu de braços abertos e por onde passei sempre dei o meu máximo, se precisar dar carrinho de cabeça, bater a cabeça na trave, farei - completou o atleta, que não joga desde o ano passado, mas ele garante estar bem fisicamente. Já regularizado no BID, ele pode estrear já no próximo sábado, diante do Joinville, em jogo que pode dar o título do returno à Chape. No entanto, sem ritmo, deve ficar no banco. A Chape esperou o desfecho da briga Internacional e Vitória, vencida pelos baianos no Tribunal, para anunciá-lo oficialmente.

- Estou trabalhando muito fisicamente, em dois turnos, e acredito que essa parte não será problema. Devo intensificar nos próximos dias para estar à disposição o quanto antes. Estou muito ansioso para entrar em campo logo, mas não vou queimar etapas. E fico feliz por voltar a trabalhar com Mancini, que é um grande profissional - destacou Ramos, que volta a encontrar o treinador Vagner Mancini. Será a terceira vez que a dupla faz dobradinha.












E MAIS: